Pesquisar em Tílias News

Últimas Notícias

segunda-feira, 7 de janeiro de 2019

Constantes quedas de energia em Ibicaré se devem a áreas de reflorestamento de eucalipto

O presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Ibicaré, Gilmar Schiavini, conversou com a reportagem da Rádio Tropical na manhã de hoje, quando apresentou a preocupação dos empresários e população em geral sobre as constantes faltas de energia elétrica no município.

 Segundo ele, as constantes quedas de energia se intensificaram da metade de dezembro até o momento, e muitos empresários tem acumulado prejuízos por conta dessa instabilidade.

 Schiavini detalha que um empresário relatou 8 quedas de energia em três dias, entre picos de energia ou mesmo a falta dela por algumas horas.

 A reportagem da Rádio Tropical conversou com a gerente regional da Celesc, agência de Joaçaba, Silvia Pozzobon, que explicou os motivos dos problemas registrados em Ibicaré.

 De acordo com ela existe um problema sério no município com relação a áreas de reflorestamento de eucalipto, especialmente na região próximo ao posto da Polícia Militar Rodoviária, onde está localizada a rede principal de energia que liga a subestação de Herval d’Oeste à Ibicaré.

 Silvia destaca que a Celesc já realizou a limpeza da faixa de servidão nas últimas semanas, no entanto, isso não foi suficiente, porque o eucalipto tem por característica soltar suas cascas, que acabam sendo lançadas pelo vento e ficam presas à rede de energia elétrica.

 Esses materiais acabam provocando curto circuito entre as fases ou a fase e o posto e por proteção o sistema se desliga.

 A Celesc já está providenciando uma forma de minimizar os danos causados com a substituição dos cabos nus, por fios cobertos, em um projeto que já está sendo desenvolvido e deve ser executado nas próximas semanas.

 A comunidade da Linha São Salvador também deve passar por essas melhorias, pois na localidade também existe uma grande área de reflorestamento que tem causado problemas de falta de energia elétrica.

 Silvia Pozzobon reitera que a Celesc tem feito a sua parte, mas mesmo assim, a substituição do cabeamento não vai resolver por completo o problema.

 Ela orienta mais uma vez que a população evite implantar áreas de reflorestamento, especialmente de eucaliptos, próximos à rede de energia elétrica.

 A gerente regional da Celesc lembra ainda que uma lei estadual aprovada no final do ano passado e que entra em vigor 365 dias após a sua publicação, aumenta a faixa de servidão da rede de energia elétrica. No caso de Pinus será de 15 metros e eucalipto 20 metros.

 A partir do momento em que a lei entrar em vigor, os proprietários deverão efetuar a limpeza completa dessa faixa.

 Silvia Pozzobon também destaca que vai se reunir com a administração municipal para apresentar a situação e o trabalho já desenvolvido pela Celesc.

 A entrevista completa com Silvia Pozzobon irá ao ar nesta terça-feira, no Rádio Jornal 99 1ª edição.

Fonte: Rádio Tropical FM  

Nenhum comentário: