Pesquisar em Tílias News

Últimas Notícias

terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Prefeitura de município catarinense vai multar em até R$ 27 mil quem desperdiçar água

A prefeitura de Balneário Camboriú, no Litoral Norte, lacrou chuveiros da orla e decidiu multar quem desperdiçar água no valor de até R$ 27 mil. Com a falta de chuva e dias de intenso calor, o nível do rio que abastece o município está abaixo do normal.

Por isso o sinal de alerta foi ligado. Nas casas e também em restaurantes, hotéis e no comércio o racionamento já começou.

"Por enquanto não está faltando água. Ocorre que nós estamos entrando num período mais crítico. O nível do rio, consequentemente, ele acaba baixando", disse o diretor geral da Emasa (Empresa Municiál de Água e Saneamento), Douglas Costa Beber.

A cidade tem 138 mil habitantes e com os cerca de 500 mil turistas que devem chegar só durante o mês de dezembro, se sabe que o consumo vai aumentar muito. Os hotéis já estão com 70% de ocupação.

"Já estamos avisando os colaboradores para que economizem, colocando nos elevadores para que o hóspede também use racionalmente a água. Mas hotelaria, muitos têm poços artesianos, outros contratam caminhões de outras localidades. Então para o turista, para os hotéis, para os restaurantes, acredito que não vai faltar água", disse a vice-presidente do Sindicato de Hotéis e Restaurantes, Dirce Fistarol.


Fiscalização


Desde semana passada os fiscais da prefeitura flagraram 30 pessoas desperdiçando água em Balneário Camboriú. Por enquanto é só uma notificação, depois o puxão de orelha vai virar multa. E não é baixa. A pessoa pode ter que pagar até R$ 27 mil.

Apesar do alerta, parece que tem morador que não está muito preocupado. Os fiscais flagraram uma mulher lavando a calçada: "Ô moça, desperdiça água, não pode lavar a calçada. A senhora vai ficar lavando e eu vou notificar a senhora", disse o fiscal.

Já a comerciante Elisabeth Alves de Souza faz o contrário. Poupa o máximo possível. Trabalhando na praia há 18 anos, ela sabe bem como é enfrentar a falta de água.

" Se todo mundo pensasse 'eu vou economizar um pouquinho', lá no futuro alguém vai lembrar que alguém economizou. Então, fazendo a minha parte tá bom", declarou.

Fonte: Rádio Tropical FM

Nenhum comentário: