segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Joaçaba: Alunos do curso Técnico em Enfermagem do SENAC participam de atividade do Outubro Rosa

Alunos da turma 20 do curso Técnico em Enfermagem foram desafiados pela professora Katia Bechers. A atividade fez parte da grade curricular do curso e foram abordados os seguintes temas: Planejamento de carreira do profissional de saúde e empatia e atendimento humanizado. Os alunos tiveram que escrever uma carta de forma anônima para uma mulher em tratamento de câncer e que fosse assistida pela Rede Feminina de Combate ao Câncer de Joaçaba. O título da atividade foi: Uma carta para uma amiga!

Foi solicitado pela professora que os alunos, futuros profissionais de saúde, se utilizassem da sensibilidade, com uma dose de profissionalismo. E as cartas ficaram jóias raras. Poesia, palavras de incentivo, de fé, a lembrança aos familiares e amigos e inúmeras titulações de guerreiras incansáveis, palavras estas que flutuaram e transcorreram nas folhas de papéis.

Na última terça-feira (25) a professora Katia Bechers fez a entrega das cartas em mãos na sede da Rede Feminina, e a emoção tomou conta. Os olhos destas guerreiras brilhavam ao pegar e iniciar a leitura. Uma explosão de sensações e reações, lágrimas, seriedade, risos ou simplesmente o silêncio, no intuito de digerir e estreitar uma relação mais íntima com este novo amigo.

A professora ressalta que esta atividade ainda não terminou, pois nesta semana os alunos receberão as respostas e sem data agendada haverá um encontro entre todos.

A atividade teve um saldo tão positivo para o SENAC e Rede Feminina, que foi cogitada que esteja no calendário de programação do Outubro Rosa do ano que vem.

“Todo profissional de saúde, jamais pode esquecer que está em contato direto e constante com seres humanos, que apesar de suas dores, fragilidades e doenças carregam histórias, emoção, sentimentos e esperança. O SENAC prepara este aluno com bagagem técnica, aliada de teoria e muita prática para o desenvolvimento pleno deste profissional e na construção e condução da parte comportamental também.” Ressalta a professora Katia Bechers.

Na mesma aula, os alunos se depararam com a visita de 2 alunos da própria instituição, do curso Técnico em Design de Interiores, deficientes auditivos, que relataram suas experiências quando precisam de serviços da área de saúde, e após esta visita e ao término desta atividade, podem ter certeza que a população em breve terão profissionais mais preparados e com grande diferencial na área da saúde para servir à todos.

Fonte: Portal Éder Luiz

Nenhum comentário:

Postar um comentário