quinta-feira, 18 de julho de 2019

Treze Tílias - Eleita nova diretoria do Bairro Jardim das Flores!


Foi eleita na noite de ontem(17), no pavilhão da igreja luterana a nova diretoria composta por moradores do bairro.
A diretoria antiga era presidida pelo empresario, Dhiogo Junchen e os demais moradores presentes naquela diretoria.
A diretoria presidida por Dhiogo fez muitas ações no bairro como o pedido de pavimentação em algumas ruas que ainda eram em estrada de chão, a revitalização da quadra de arreia, entre outros, mas o principal e que é tradicional no bairro, o natal das crianças que a diretoria presidida por Dhiogo, vinha caprichando a cada ano com a distribuição  uma mega cesta de chocolates e doces para as crianças.
Dhiogo agradece aos amigos, moradores, colaboradores e patrocinadores bem como a administração municipal em sempre apoiar os eventos realizados pelo bairro, e destaca que a nova diretoria também ira desenvolver um ótimo trabalho!

A nova diretoria será presidida por Felipe Pessin, e ficou os seguintes membros: 

Presidente: Felipe Pessin
Vice-Presidente: Camila Dotta
1º Tesoureiro: Wagner Leodoro
2º Tesoureiro: Victória Vernona
1º Secretário: Eduardo Brandalise
2º Secretário: Sandro Manenti
Conselheiros:
Celoi Degerone 
Cleverson Weiss
Fernando Fleck
Kiomar Bonadiman
Márcio Viera
Roges Rodrigues

A nova diretoria do bairro se compromete em continuar realizando ações no bairro, e sim lutar para conseguir emendas parlamentares para construção do centro comunitário do bairro, e outra coisa é a pavimentação asfáltica do bairro quem vem sendo cobrada pelos moradores.
A associação esta a disposição dos moradores para ouvir sugestões para melhorias e o bem estar dos moradores.

quarta-feira, 17 de julho de 2019

Proprietário de bar é flagrado novamente com cigarros do Paraguai


Uma semana após ter sido detido por comercializar cigarros do Paraguai em seu estabelecimento, o proprietário de um bar em Joaçaba foi novamente flagrado com a mercadoria contrabandeada na tarde desta terça-feira (16), em Joaçaba.

As guarnições da Polícia Militar realizavam fiscalização no estabelecimento comercial na Rua Coronel Artur Pereira, quando avistaram no balcão algumas carteiras de cigarros da marca Polo Club.

No depósito, os policiais localizaram nove maços de cigarros escondidos e uma caixa de detergente fechada, e no interior do bar foi encontrado ainda 15 carteiras de cigarros da marca Bill e nove carteiras da marca Polo Club.

O proprietário informou não saber a procedência dos cigarros, sendo conduzido à Delegacia para os procedimentos. O bar não foi interditado por estar com o alvará em dia.

Fonte: Caco da Rosa

Lar dos Velhinhos de Ponte Serrada recebe donativos arrecadados pela Polícia Civil

Alimentos foram arrecadados durante evento esportivo realizado no domingo


A Polícia Civil de Ponte Serrada fez a entrega de donativos ao Lar dos Velhinhos São Roque, nesta quarta-feira, dia 17. Os itens foram arrecadados durante uma corrida realizada no último final de semana.

Ocorrido em Xanxerê no domingo, dia 14, o evento esportivo comemorou os 207 anos da Polícia Civil. Solidário, o ingresso para a corrida era a doação de alimentos não perecíveis.


Além de Ponte Serrada, entidades de outros municípios pertencentes à 16ª Regional da Polícia Civil também receberam os donativos.

Por Jeferson Rubens Coppini

Fonte: Oeste Mais

Família arrecada valor necessário para iniciar tratamento de reconstrução da face de bebê

Joaquim Lorenzo da Silva nasceu com malformação craniofacial e deverá passar por cirurgias

A família do pequeno Joaquim Lorenzo da Silva, que nasceu com malformação craniofacial, confirmou na manhã desta quarta-feira, dia 17, que conseguiu atingir a meta e arrecadar R$ 137.603,81 para iniciar um tratamento de reconstrução facial.

Conforme a Rádio Atual FM, a família também afirmou que nos próximos dias o bebê será levado para Curitiba (PR), onde irá realizar uma avaliação médica antes de passar pela primeira intervenção cirúrgica.


Com menos de um ano de vida, Joaquim terá que realizar dezenas de cirurgias para a reconstrução do rosto.

Família conseguiu atingir a meta e arrecadar R$ 137.603,81 para iniciar 
um tratamento de reconstrução facial do menino (Foto: Divulgação)

A mãe da criança revelou que a primeira cirurgia será para reparar a parte da face. A preocupação é com relação às bactérias que podem prejudicar o desenvolvimento da criança e até causar infecções.

O dinheiro foi arrecadado a partir de depósitos nas contas da família, e também através de uma Vaquinha feita pela internet, nos últimos dias.

Apesar de a família ter atingido a meta, a proposta é manter a campanha, já que serão necessárias outras intervenções cirúrgicas em um curto espaço de tempo. Joaquim mora em Concórdia e recebeu apoio de diversas famílias da região.


O jogador Zico também gravou um vídeo pedindo apoio e ajuda financeira para o pequeno Joaquim.

Fonte: Oeste Mais

Moradora de Caçador reclama de negligência médica com criança de 2 anos

Uma menina de 2 anos fraturou a clavícula, mas foi liberada pelos médicos da UPA e do Hospital Maicé sem realizar o exame de raio-x



Na quinta-feira (11), a pequena Helena, de 2 anos, sofreu uma queda quando estava na casa da mãe. Por volta das 18 horas, ela foi levada por familiares até a Unidade de Pronto Atendimento de Caçador onde aguardou por aproximadamente duas horas e meia, mas não recebeu atendimento.

Ainda sofrendo muita dor, por volta das 21 horas a menina foi levada para a triagem do Hospital Maicé onde aguardou por cerca de um hora e meia. Segundo relatos de familiares, finalmente quando um médico examinou a menina ele disse que não era nada grave. Após a enfermeira entregar paracetamol a criança foi liberada para ir pra casa.

A dor não passou e a menina foi levada novamente para UPA no domingo (15), onde segundo relatos da avó foi necessário “brigar” com o médico para fazer o raio-x. “Teve que implorar para fazer o exame na menina, e quando ela fez apareceu que a clavícula dela estava quebrada. Quantas crianças precisam passar por isso para tomarem uma atitude?”, desabafou a avó.

A família providenciou uma tipoia para a criança, que aguarda agendamento de uma consulta com um ortopedista. A Secretária de Saúde de Caçador ainda não se manifestou sobre o caso.


O vereador Rubiano Schmitz citou o fato na sessão desta segunda-feira (15). Acompanhe o pronunciamento:



Fonte: Diário Rio do Peixe

Bolsonaro confirma que governo vai liberar saque de contas ativas do FGTS


O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (17), na Argentina, que o governo dele deve anunciar ainda nesta semana detalhes sobre a proposta de liberação de saques de contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do PIS-Pasep.

Bolsonaro deu a declaração em uma entrevista coletiva concedida na cidade argentina de Santa Fé, onde participou nesta quarta da 54ª cúpula de chefes de Estado do Mercosul.

Na véspera, o ministro da Economia, Paulo Guedes, informou em entrevista à GloboNews, na Argentina, a liberação dos saques do FGTS e do PIS-Pasep para tentar reaquecer a economia com a injeção de R$ 63 bilhões no mercado.

Na ocasião, Guedes disse que o objetivo do governo federal é liberar R$ 42 bilhões com os saques do FGTS e outros R$ 21 bilhões com os do PIS-Pasep.

O PIS é um abono pago aos trabalhadores da iniciativa privada administrado pela Caixa Econômica Federal. O Pasep é pago a servidores públicos por meio do Banco do Brasil.

Questionado por repórteres nesta quarta-feira sobre a expectativa de anúncio dos saques do FGTS e do PIS-Pasep, o presidente da República afirmou que a iniciativa tem como objetivo dar uma "pequena injeção na economia".

"[O anúncio] está previsto para essa semana isso. É uma injeção, uma pequena injeção na economia. E é bem-vindo isso aí porque começa a economia, segundo especialistas, a dar sinal de recuperação pelos sinais positivos, em especial, também, que estão vindo do parlamento", declarou Bolsonaro antes de embarcar de volta para o Brasil, referindo-se à aprovação em primeiro turno na Câmara da proposta de reforma da Previdência.

Em maio, Paulo Guedes já havia dito que o governo estudava liberar os recursos dos trabalhadores depositados em contas inativas e ativas do FGTS assim que fossem aprovadas as reformas, entre as quais a da Previdência.

À época, o ministro da Economia também disse que a área econômica avaliava liberar dinheiro do abono salarial PIS-Pasep para jogar dinheiro no mercado e movimentar a economia.

Fonte: Rádio Tropical FM

TJ nega liberdade a homem que mordeu companheira para confirmar a sua morte no Oeste

A vítima se fez de morta, mesmo com a mordida, para poder sobreviver.


A 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, em matéria sob a relatoria da desembargadora Hildemar Meneguzzi de Carvalho, negou habeas corpus em favor a um homem que tentou matar a esposa com nove golpes de facão em município da comarca de Xaxim, no oeste do Estado.

Após desferir as facadas e ver a mulher prostrada sobre sua cama, na intenção de confirmar a morte da companheira, o acusado mordeu o ombro da vítima e, sem a reação dela, fugiu da própria casa. A mulher, segundo contou em depoimento mais tarde, precisou fingir-se de morta para sobreviver as agressões que foram presenciadas pelos dois filhos menores de idade. O homem está preso desde 16 de maio.


Morador de pequena comunidade de um município de cerca de 4 mil habitantes, o casal resolveu ir a um baile. Durante a festa, no dia 12 de maio deste ano, um rapaz teria trocado olhares com a vítima e isso foi o início de uma discussão. Segundo a denúncia do Ministério Público, oferecida no dia 28 de junho, quando chegaram em casa o homem agrediu a companheira com tapas e socos, mas foi impedido de continuar a violência pela irmã da vítima.

Minutos depois, quando a mulher estava na cama com as duas filhas, o agressor armado de um facão desferiu nove golpes contra o seu rosto. Ele só parou de golpear quando achou ter matado a mulher, no momento em que mordeu o ombro da vítima, que se fingiu de morta. O agressor ingressou com o habeas corpus sob o argumento de excesso de prazo da prisão. Também alegou possuir emprego e residência fixa, além de ser primário.

“A prisão é indispensável para a garantia da ordem pública considerando a extrema crueldade do crime, que foi cometido (...) diante de testemunhas menores de idade, o que, de fato, gera grande abalo social. Também se mostra necessária para a conveniência da instrução criminal e para assegurar a aplicação da lei penal, tendo em vista que o representado, logo após o cometimento do delito, evadiu-se do local, demonstrando de forma cabal que, caso solto, poderá evadir-se do distrito da culpa, gerando medo e apreensão na vítima e nas testemunhas do caso”, disse a relatora em seu voto.

A sessão foi presidida pelo desembargador Paulo Roberto Sartorato e dela também participou o desembargador Carlos Alberto Civinski. A decisão foi unânime. O processo corre em segredo de Justiça.​


Fonte: Núcleo de Comunicação Institucional/Comarca de Chapecó

Carro capota e motorista fica horas em ribanceira à espera de resgate em SC


Um homem de 28 anos sofreu um acidente na terça-feira (16) na BR-280 em São Bento do Sul, no Norte catarinense, e a suspeita é que ele tenha ficado mais de 10 horas dentro do carro antes de ser resgatado. O veículo caiu em uma ribanceira.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF-SC), a vítima estava em um C3 com placas de Blumenau, que saiu da pista na altura do km 107.

À PRF-SC, a família da vítima informou que o homem estava desaparecido desde as 2h30. A polícia suspeita que o acidente ocorreu às 3h, mas o atendimento foi feito às 14h.

Ainda segundo a polícia, pedestres avistaram o carro e acionaram as autoridades. A suspeita é que o motorista tenha dormido ao volante.

O Hospital de São Bento do Sul não repassou informações sobre o estado de saúde do homem nesta quarta. Quando atendido pelos socorristas, ele tinha lesões graves e estava inconsciente.



Fonte: Rádio Tropical FM

Adolescente de 14 anos tem parte do braço amputado na região

Jovem ajudava a família na moenda de cana quando o acidente aconteceu



Um adolescente de 14 anos teve parte do braço esquerdo e pelo menos três dedos da mão direita amputados por uma moenda de cana. O fato ocorreu na tarde desta terça-feira (16), em uma propriedade localizada na Linha Bonita, interior de Ouro. Segundo as informações, o jovem ajudava os familiares na atividade quando ao introduzir cana no equipamento o moedor prendeu o casaco e acabou puxando os braços. 



Gravemente ferido o adolescente foi socorrido e encaminhado ao hospital. Posteriormente, foi transferido ao Hospital Universitário Santa Terezinha (HUST) em Joaçaba para os procedimentos cirúrgicos. O estado clínico da vítima não foi confirmado. 

Fonte: Michel Teixeira

Polícia descobre que homem preso várias vezes por roubos em SC usava três identidades diferentes

Vídeos mostram ação do uruguaio que agia em todo o estado.


Uruguaio usava três identidades diferentes — Foto: NSC TV/Reprodução

A polícia descobre que homem preso vários vezes por praticar roubos em apartamentos em cidades de Santa Catarina usava três identidades diferentes. O caso foi descoberto quando a polícia confrontou três documentos com a mesma foto, mas com nomes diferentes. Em todas as vezes ele foi solto.

O suspeito dos crimes é um uruguaio, que responde a processos e tem mandados de prisão no Brasil e no Uruguai. Há quatro anos, ele tem sido alvo de várias investigações, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF-SC). "Ele é um profissional do crime", disse Luiz Graziano, chefe da PRF-SC.


Após a descoberta dos três documentos usados pela mesma pessoa, a polícia já sabe a verdadeira identidade do uruguaio: Washington Wetherall Alvez. A defesa dele nega os crimes.

Primeira prisão

A história do homem em Santa Catarina começou em 2015, ao ser preso numa operação conjunta da PRF-SC e da Policia Militar, na BR-101, em Palhoça, na Grande Florianópolis. Os policiais já estavam em busca de um uruguaio que trabalhava com outras pessoas que assaltavam apartamentos.

"A gente acredita que eles já tenham subtraído R$ 1 milhão só em Santa Catarina", falou o delegado Rodrigo Mayer.

O homem já estava sendo procurado, mas a identidade dele não era conhecida. Foi preso com vários objetos furtados dentro do veículo. Na casa dele, em Florianópolis, mais produtos furtados.

Na época, o uruguaio foi identificado como Pablo Marcelo Piazente Sas. O nome estava na carteira de motorista apresentada por ele. Mas pagou fiança e foi solto. De volta às ruas, continuou cometendo crimes em várias cidades do estado, conforme o delegado Rodrigo.

"Furto em Araranguá, em Jaraguá, em Porto Belo, em Balneário Camboriú, em Santo Amaro da Imperatriz", disse.

Há também registros em Palhoça e São José. São pelo menos oito processos na Justiça catarinense e dois mandados de prisão contra Pablo por furtos. Quem pediu uma das prisões foi a Polícia Civil em Santo Amaro da Imperatriz.


"Em Santo Amaro, foram pelo menos cinco furtos consumados e dois tentados", contou o delegado.


Imagens mostram Pablo entrando em condomínio para roubar — Foto: NSC TV/Reprodução

Um vídeo mostra Pablo agindo num edifício da cidade. Ele entra logo atrás de um morador, sempre de mochila para carregar o que furtava. No elevador conversa com a moradora como se fosse de casa.

"Ele é muito bom de conversa, porque ele entra nos edifícios, descobre os apartamentos que estão vazios, e com habilidade dele de adentar o apartamento, infelizmente, ele causa grandes estragos", disse Graziano.

Um dos apartamentos invadidos na cidade foi da manicure Luciana da Silva. "Eles invadiram o meu e o de cima. Ele abriu meu guarda roupa, ele abriu até gaveta de peça íntima. Ai você vê que a pessoa revirou o seu apartamento todo. Levaram folhados a ouro, prata, estojo de maquiagem, perfume, um celular. Acho que o que foi mais forte pra mim foi a sensação de impunidade. Mexeu na minha intimidade, nas minhas coisas. A pessoa consegue entrar na sua casa e botar a mão em tudo. Fica uma sensação muito ruim".

Mas teve gente com prejuízo ainda maior. "Só no último furto foram R$ 65 mil".

Até apartamentos de policiais foram invadidos e armas levadas. "A gente estima que R$ 200 mil foram levados só em Santo Amaro da Imperatriz", contou o delegado.

Segunda prisão

Em 2016, Pablo acabou preso de novo em flagrante pela PRF-SC na BR-101, em Biguaçu, junto com outro uruguaio. "Ele nunca está sozinho, se utiliza inclusive de mulheres para dar credibilidade à ação dele", falou Graziano.

Já o delegado fala em organização criminosa. "A gente acredita que ele seja o líder da organização criminosa, que planeja os crimes".


Mais uma vez apresentou uma carteira de motorista do Uruguai, mas em nome de outra pessoa: Sebastian Gonzales Ferreira. Na mochila, grampos de cabelo e pó de grafite usados para abrir portas. Ele foi encaminhado para a delegacia, mas acabou solto novamente e seguiu invadindo apartamentos.


Uruguaio tenta arrombar porta de prédio — Foto: NSC TV/Reprodução

Em outro vídeo divulgado pela polícia dá para ver o homem tentando abrir a porta de um condomínio em Palhoça, em março deste ano. Ele não consegue e aí um comparsa pula o muro e abre por dentro.

Já na porta interna, o uruguaio tentou abrir na força. Também não conseguiu e entrou por uma janela e abriu por dentro.

A dupla tentou invadir todos os apartamentos, mas só conseguiu entrar em dois. Um deles, o do cirurgião dentista Miguel Nora que teve prejuízos. "Aproximadamente, R$ 2,5 mil".

As paredes ainda têm marcas do pó de grafite usado pelos ladrões para lubrificar a fechadura. "Mudou completamente desde que eu já tirei a minha TV daqui. Então, já não assisto mais TV, que fazia parte da minha rotina. Mudei as partes das portas, as trancas são todas para que não aconteça de novo", disse.

Em outro trecho o vídeo mostra Pablo e um comparsa entrando num condomínio em Jaraguá do Sul, no mês passado. Eles chegam com a mochila vazia e uma hora depois, saem com ela cheia.

Terceira prisão

De novo acabaram presos em flagrante na BR-101, com dezenas de produtos furtados. O homem apresentou um documento uruguaio com um terceiro nome: Washington Wetherall Alvez.

Foi com essa informação que a PRF-SC fez a descoberta. "Nós fizemos umas diligências junto à polícia uruguaia e, para nossa surpresa, esse último documento que ele apresentou é o verdadeiro. O nome desse uruguaio é Washington", revelou Graziano.

Processos

Ele tem nove processos criminais no Uruguai e dois mandados de prisão. No Brasil, ele tem oito processos judiciais e mais dois mandados de prisão. Ou seja, desde 2015 correm na justiça catarinense processos e pedidos de prisão em nome de uma pessoa que não existe, o que deixa os processos praticamente parados, disse a juíza auxiliar da presidência do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), Carolina Fretta.

"Provavelmente porque nesses processos que ele já responde aqui, não houve a identificação de uso de documento falso. Então, não houve uma investigação nesse sentido, uma desconfiança. Então, faz essa correção, um eventual atraso por conta disso, e o processo segue normalmente. Se tinha mandado de prisão, esse mandado vai ser recolhido para que não seja presa outra pessoa que não ele, pra correção do nome".

O advogado Marcos Paulo Silva dos Santos de Washington nega os crimes. "Em todos os processos, o Washington nega a prática desses furtos. Importante dizer que em nenhum desses processos ele se manifestou como Pablo".

Crítica


Especialista em direito penal, o professor Sandro Sell vê falhas no processo. "Sem dúvida, que houve uma falha no procedimento. A partir do momento que não foi desconfiada a identidade na base adequada, que seria a uruguaia, a autenticidade daquele documento, os outros processos partiram da ideia de que isso já tinha sido feito no primeiro. E foi continuando e iria continuar assim se não fosse a descoberta. Poderia ser um homicídio, poderia ser um grande tráfico, então o que chama a atenção é ausência de procedimento padronizados pra evitar que isso aconteça".

CLIQUE AQUI PARA VER A REPORTAGEM DA NSCTV

Fonte: G1 SC

Vídeo – Professor de física atribui “quique de bola no ar” a rajada de vento

Cobrança de Diego Torres ganhou efeito diferente aos 41 minutos do segundo tempo



O lance na partida entre Chapecoense e Atlético-MG, na noite do último domingo, dia 14, em que a bola parece “quicar no ar” (assista abaixo), tem uma explicação lógica para o professor de física do Instituto Federal de Santa Catarina, Alencar Migliavacca.

Inicialmente, ele descartou algo conhecido como efeito Magnus, o mesmo que explica a curva na bola em um saque no voleibol, por exemplo. A aposta do professor é que uma corrente de ar ocasionou a mudança de direção da bola.


“Em princípio, não parece efeito Magnus, o mesmo efeito que faz a bola fazer a curva em um chute devido ao movimento de rotação dela, pois foi muito repentino. Parece uma colisão com algo naquele momento, o que seria possível, mas não parece haver nada de aproximando ou se afastando logo após o evento. É bem provável que tenha ocorrido uma corrente de ar naquela direção no momento que, por diferença de pressão, aplicou uma força na bola mudando seu vetor velocidade”, disse.

O lance ocorreu em um escanteio cobrado por Diego Torres, aos 41 minutos do segundo tempo. A equipe de transmissão sequer reparou no efeito diferente que a bola tomou durante o jogo. “Na hora não reparei. Não tinha como, mas se tivesse reparado eu teria falado isso na hora, sem dúvida”, disse o narrador Daniel Pereira.

Três cinegrafistas do Grupo Globo, acostumados a trabalhar em transmissões de jogo, ficaram intrigados com a imagem. Descartaram qualquer tipo de "ilusão de óptica" ou defeito na câmera e apontaram uma "forte corrente de ar" como o motivo mais provável — ainda que, ressaltam, nunca tenham visto nada com tamanha força, principalmente pelo fato de a bola ter subido com o "sopro", não caído ou desviado para o lado.


Com informações do Globo Esporte

Fonte: Oeste Mais

Alesc aprova projetos de isenções fiscais em Santa Catarina

Proposta foi discutida ao longo do primeiro semestre e busca reorganizar e reduzir incentivos

Projetos foram aprovados por unanimidade, em votação simbólica
(Foto: Gabriel Laim, Diário Catarinense)

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) aprovou em sessão na manhã desta quarta-feira (17) os projetos que tratam de alterações em benefícios fiscais concedidos a diferentes setores da economia do Estado. As propostas foram discutidas por mais de duas horas pelos deputados. Um dos três projetos é o 174/2019, considerado o mais polêmico. A proposta reorganiza em lei 61 incentivos para diferentes segmentos da economia. Os projetos foram aprovados por unanimidade, em votação simbólica.

Outros 16 setores que não foram incluídos nesse projeto se reuniram na semana passada com deputados, membros do governo do Estado e de entidades como Fiesc e Fecomércio. Depois do encontro, o secretário de Estado da Fazenda, Paulo Eli, definiu que o governo irá apresenta mais um projeto de lei, que já vem sendo chamado de "PL do rescaldo". A proposta vai incluir a maior parte desses setores que ficaram de fora do projeto aprovado nesta quarta e deve ser apresentada até o final de setembro.

Entre essas áreas que ainda pleiteiam a inclusão entre os beneficiados com redução no ICMS estão o de carne bovina, suína, café, trigo, cerâmica vermelha, têxtil e fiação, autopeças, papel, papelão e construção civil.

Projetos alteram tributação e concedem benefícios


Os deputados aprovaram também outros dois projetos do Estado sobre isenções fiscais que estavam pendentes na Alesc. Um deles, o 170/2019, altera formas de fiscalização tributária por parte do governo do Estado, com mudanças em cobranças de faturas de shoppings centers e condomínios comerciais para que esses estabelecimentos precisem fornecer dados mais precisos sobre comércios estabelecidos nesses locais. Isso, segundo o governo, melhoraria a fiscalização.

O terceiro projeto, de número 81/2019, institui novos benefícios para alguns setores, como o de petróleo e gás. Entre os beneficiados estão também pequenos geradores de energia limpa e medicamentos, como o que combate a doença Atrofia Muscular Espinhal (AME). 

Uma das novidades incluídas por emenda na Comissão de Finanças na segunda-feira é a concessão de abatimento no ICMS no querosene de aviação para companhias aéreas que atuam ou que passarem a atuar em aeroportos de Santa Catarina. O desconto é maior para quem operar nos chamados pequenos aeroportos do Estado.

Os três projetos fazem parte de uma estratégia do governo do Estado que busca reduzir de R$ 6 bilhões para R$ 4 bilhões até 2022 o valor concedido em isenções fiscais no Estado. Com isso, o valor cairia de 25% para 16% da receita bruta de impostos. Somente as mudanças aprovadas nos projetos desta quarta-feira devem ter impacto de reduzir R$ 750 milhões do valor atual concedido em incentivos fiscais. 

A intenção do governo Moisés é reduzir os chamados benefícios personalizados, concedidos a empresas específicas, e manter os que envolvem como um todo setores da economia do Estado. As leis também atendem a orientação do Tribunal de Contas do Estado (TCE-SC), que havia determinado a revogação das renúncias fiscais concedidas por decreto. Os benefícios também são considerados importantes para garantir competitividade contra empresas de estados vizinhos, como Paraná e Rio Grande do Sul.


— É um ganho muito grande para o nosso Estado, quando vemos a questão do Extremo Oeste, da infraestrutura, de tudo que precisamos para nosso Estado. Alguns setores ainda ficaram pendentes de alguns ajustes, mas que com certeza, pelo compromisso acertado pelo secretário Paulo Eli, nos próximos dias os setores serão ouvidos e a solução será encontrada — avaliou na tribuna o deputado Maurício Eskudlark (PL), líder do governo.

Fonte: NSC

Desnutridos e desidratados, animais vítimas de maus-tratos são resgatados em Joinville

Três cães e duas aves eram mantidos em cativeiro, sem comida e higiene e apresentavam um quadro crítico de saúde, correndo risco de morte.


Animais foram resgatados em Joinville — Foto: Polícia Civil/Divulgação


Três cães e duas aves silvestres, vítimas de maus-tratos, foram resgatados no Bairro Parque Guarani, em Joinville, no Norte catarinense. Os animais eram mantidos em cativeiro, sem comida e higiene, e apresentavam um quadro crítico de desnutrição e desidratação, correndo risco de morte. O resgate foi realizado na segunda-feira (15).


Animais foram encontrados em estado de desnutrição e desidratação — Foto: Polícia Civil

De acordo com a Polícia Civil, os cães foram levados para o Centro de Bem Estar Animal de Joinville, onde vão receber os cuidados até recuperarem a saúde.

As duas aves foram encaminhadas temporariamente para o Zoobotânico do município, onde passarão por triagem.


O dono dos animais vai responder por crime de maus-tratos. A Lei 9605/98 prevê pena para este tipo de crime entre três meses a um ano de prisão e pagamento de multa.


 Animais eram mantidos em cativeiro — Foto: Polícia Civil


Foram resgatados três cães e duas aves silvestres — Foto: Polícia Civil

Exemplos de maus tratos em animais:


  • Abandonar, espancar, golpear, mutilar e envenenar;
  • Manter preso permanentemente em correntes;
  • Manter em locais pequenos e anti-higiênico;
  • Não abrigar do sol, da chuva e do frio;
  • Deixar sem ventilação ou luz solar;
  • Não dar água e comida diariamente;
  • Negar assistência veterinária ao animal doente ou ferido;
  • Obrigar a trabalho excessivo ou superior a sua força;
  • Capturar animais silvestres;
  • Utilizar animal em shows que possam lhe causar pânico ou estresse;
  • Promover violência como rinhas de galo e farra-do-boi.

Fonte: G1 SC  

Número de micro e pequenas empresas inadimplentes bate novo recorde histórico

5,4 milhões de negócios tinham dívidas em atraso em maio, segundo a Serasa Experian


A inadimplência de micro e pequenas empresas (MPEs) bateu novo recorde em maio, chegando a 5,434 milhões, segundo dados da Serasa Experian. Trata-se do número é o maior da série histórica, iniciada em março de 2016.

Na comparação com maio do ano passado (mês marcado pela greve dos caminhoneiros), houve uma alta de 6,9%, no número de empresas do segmento com dívidas em atraso. Em relação à abril (recorde anterior, com 5,405 milhões de inadimplentes), o aumento foi de 0,5%.

O setor de Serviços teve o maior crescimento na comparação anua (10,5%), seguido pela Indústria (2,4%) e pelo Comércio (2,2%).

Por estado, o Rio de Janeiro teve o maior aumento (11,8%) no número de micro e pequenas empresas inadimplentes, no comparativo ano a ano. Apenas 3 estados apresentaram queda: Alagoas (-5,4%), Rio Grande do Norte (-4,0%) e Piauí (-3,2%).


Em maio, o número total de empresas inadimplentes de todos os portes (micro, pequena, média e grande) foi de 5,727 milhões, um aumento de 0,7% em relação ao resultado verificado em abril do mesmo ano (5,689). No comparativo anual, o crescimento foi de 4,5%. As micro e pequenas empresas representam 95% do montante total.


Fonte: Jornalismo Rádio Videira/G1

Motorista de caminhão sai da pista e tomba para evitar tragédia maior em Fraiburgo


O motorista de um Caminhão Mercedes Benz, com mais de 50 anos na profissão, para evitar um acidente com veículos de passeio, acabou saindo da pista e capotando na SC 355 entre Fraiburgo e Lebon Régis, por volta das 12h00 desta quarta feira, (17/07).

O acidente aconteceu pouco antes da Vila Reflor, quando o motorista foi ultrapassado forçadamente por um veículo o qual obrigou o condutor fraiburguense a sair da pista, tombando em seguida, devido a movimentação da carga de eucalipto.

O caminhão ficou com a carga espalhada e danos de grande monta na cabine, porém, o motorista saiu ileso e permaneceu no local.

O filho do condutor, mora próximo ao local do acidente e se preparava para almoçar, quando correu para prestar socorro e encontrou o pai envolvido no acidente.

"Sofri o acidente, meu caminhão ficou destruído, mas se algo tivesse acontecido com uma família inocente por causa de um irresponsável, eu sofreria o resto da vida", destacou o motorista ao falar da ultrapassagem forçada de outro veículo que obrigou o mesmo a sair da pista.











Fonte: Rádio Fraiburgo FM

Previsão do tempo para a região Sul do Brasil