sábado, 21 de setembro de 2019

Fábrica de brinquedos doa um milhão de carrinhos para crianças carentes


A Toy Foundation, uma fábrica de brinquedos que foi fundada em 2002, nos Estados Unidos, e que possui uma equipe de voluntários composta por aposentados na faixa dos 80 anos, doou um milhão de carrinhos de brinquedos para a caridade.

A organização sem fins lucrativos produz entre 80 mil e 120 mil brinquedos por ano e os distribui em hospitais infantis, restaurantes, bairros de periferias ou escolas de diversos países, como Brasil, Rússia, México, Gana, Tailândia, Iraque e Afeganistão.

Os carrinhos são feitos de madeira e todo o material utilizado na fábrica é doado por marceneiros e jardineiros de Utah, nos Estados Unidos.


(Via Razões para Acreditar)

Brasileiros acreditam mais nas Igrejas do que na mídia, mas ainda devemos melhorar

Partidos políticos ocupam o último lugar em confiabilidade segundo o Índice de Confiança Social medido pelo Ibope. Veja quem lidera

Ibope (Reprodução)

O Índice de Confiança Social, que varia de 0 a 100, mede o quanto os brasileiros confiam em 30 entidades representativas de diversos âmbitos da vida em sociedade. Em 2019, a liderança em confiabilidade no país é ostentada pelo Corpo de Bombeiros, com 88 pontos, seguido pela Polícia Federal, com 72, e pelas Igrejas, com 71.
Em último lugar, para surpresa de ninguém, estão os partidos políticos, com 27 pontos. A vice-lanterna, com 34 pontos, é ocupada, também sem surpresas, pelo Congresso Nacional, cujo envolvimento em negociatas para benefício próprio parece não sair jamais do noticiário – nem sequer em tempos de deslavadas fake news.
Aliás, a propósito de notícias e falsas notícias, os Meios de Comunicação, cuja credibilidade tem sido posta na berlinda por conta de parcialidades clamorosas e tendências ideológicas escancaradas, aparecem com 61 pontos.
A pesquisa do Ibope aponta ainda que a instituição com a maior recuperação de imagem entre os brasileiros é a Presidência da República: seus 48 pontos em 2019 somam 35 a mais que no ano anterior, quando havia caído ao mais baixo índice já registrado pelo ICS desde que foi criado em 2009: 13 pontos. Como um todo, o Governo Federal também obteve grande melhora, passando de 25 pontos em 2018 para 50 neste ano.

Sadio desafio para nós, católicos

Em relação às Igrejas, o terceiro lugar passa muito longe de ser meritório: nós, católicos, membros da Igreja fundada por Cristo e chamada a nada menos que a santidade, temos a obrigação moral e espiritual de prestar contas a Deus, ao próximo e à nossa consciência sobre o fato de que 29% dos brasileiros não nos veem como o mais seguro dentre todos os indicadores de confiabilidade.
Não se trata, de forma alguma, de menosprezar a mais que meritória confiabilidade dos bombeiros e dos policiais federais, mas apenas de observar que, para nós, como discípulos de Jesus, ser confiáveis deveria ser uma consequência natural e evidente se estivéssemos de fato testemunhando em plenitude o amor, a esperança e a fé transformada em obras.

Fonte: Ateleia

Menino que passou por 2 cirurgias recebe visita de cavalo na porta do hospital em SP para acelerar alta

Yuri Maia, 7 anos, tem paixão por cavalos desde os 3 anos. Ele está internado e recebeu a visita da égua Lady Bela — Foto: Glauco Araújo/G1

O menino Yuri Maia, de 7 anos, está internado para tratar osteomielite na perna esquerda há mais de duas semanas. Neste período ele passou por duas cirurgias em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. O tempo de internação até receber alta só deve acabar em dez dias, segundo projeções médicas. Apesar de toda a dificuldade que o garoto passa com a rotina hospitalar, ele nunca deixou de lado a paixão que tem por cavalos.

Foi pensando em animar um pouco mais a recuperação de Yuri que uma equipe multidisciplinar do Hospital Assunção – Rede D’Or São Luiz resolveu surpreender o menino com a visita inusitada de um cavalo, na verdade, da égua Lady Bela, da raça Paint Horse.

As enfermeiras que cuidam de Yuri perceberam que o menino fala a todo tempo sobre cavalos, de como gosta de cavalos e das saudades que tem do Trovão, o cavalo que ganhou de presente do pai, mas que não vê apenas nas férias, quando viaja para a terra natal dos pais, o Ceará.

No começo da tarde desta quinta-feira (19), Yuri saiu do quarto certo de que iria fazer mais uma bateria de raio-X, mas foi surpreendido quando desceu do elevador direto na recepção do hospital. Atrás da porta de vidro estava lá a imponente égua de pelagem e crina brancas, franja ruiva e olhos azuis.

A reação dele foi a de imediatamente abrir um sorriso encabulado e descrente. Assim que as portas automáticas da recepção se abriram e ele foi empurrado em uma cadeira de rodas até perto de Lady Bela Yuri se deu conta de que aquilo tudo era para ele.

Uma das enfermeiras ainda chega a perguntar se ele queria montar, mas ele recusou ainda revestido de toda timidez infantil, mas uma segunda pergunta foi suficiente para que ele aceitasse.

O pai, Josivan Maia, 37 anos, que trabalha como comerciante em São Paulo, mas que é cavaleiro de vaquejada no interior de Fortaleza, não demorou para carregar o filho e colocá-lo na sela.

Durante cerca de 30 minutos, Yuri não tirou o sorriso do rosto e o brilho no olhar. Ele deixou de lado o desconforto das cicatrizes recentes que ele tem na perna em decorrência de duas cirurgias e cavalgou por alguns metros no estacionamento do hospital.

Ali ele ficou alguns minutos alisando a pelagem de Lady Bela. Não demorou muito para ele ganhar o direito de dar uma segunda volta com a égua. Ao fim, ele confidenciou baixinho ao pé do ouvido do pai vaqueiro. “Foi melhor e mais divertido que raio-X”, resumiu Yuri.


Cuidados sanitários

Antes de proporcionar o encontro, o hospital tomou todos os cuidados sanitários e de prevenção de riscos infecciosos com a presença da égua em ambiente hospitalar, mesmo que do lado de fora.

O responsável pelo animal, Erick Eloi, disse que Lady Bela recebeu banho antes de sair do haras, no Bairro Riacho Grande, em São Bernardo do Campo, e seguir até o hospital.

Assim que desembarcou, Lady Bela teve as patas e cascos lavados para evitar qualquer tipo de contaminação. Ela está preparava para conviver perto de humanos, pois passou pelo processo de adestramento humanizado.

Cuidado semelhante recebeu Yuri, que teve a perna protegida por plástico filme, além do curativo nas cicatrizes.

Alfredo Coletti, diretor técnico do Hospital Assunção, disse que o menino está fazendo o segundo ciclo de tratamento, que é de longa duração. “É uma doença benigna e que vai ter um sucesso de cura. Depois da alta ele deve seguir o tratamento domiciliar. “

O efeito da visita de Lady Bela na recuperação de Yuri é o mais positivo possível. “A gente tem um programa chamado ‘o que importa para você’ e a gente tenta descobrir os sonhos e desejos dos pacientes internados e o Yuri mostrou uma paixão muito grande por cavalos.”

“A medicina, por estudos não científicos, mas estudos de comparações, a gente consegue demonstrar um processo de aceleração de cura toda vez que a gente aproxima o paciente daquilo que importa para ele. No Yuri, especificamente, foi com a presença do cavalo. A satisfação e a liberação de vários hormônios pela satisfação de estar presente com um animal que ele adora isso vai ajudar demais na recuperação dele”, disse Coletti.





(Informações G1)

Homem anônimo distribui sopa por 7 anos em louvor a Deus

O homem sem nome não quer crédito por sua generosidade, apenas glória por Deus



A verdadeira beleza de dar é quando não esperamos nada em troca. Nos últimos sete anos, isso foi demonstrado de forma tão bela por um homem de Wichita (EUA), cuja generosidade só veio à luz em um post recente do Facebook que destacou seu bom trabalho.

O homem desconhecido tem oferecido água gelada durante os meses de verão e sopa quente nos meses mais frios ao longo dos anos para louvar a Deus.

Em um artigo de Lily Wu em Kake.com, Chau Nguyen, o proprietário do imóvel, afirmou que seu inquilino é muito pobre, mas dá o que pode.

Segundo Nguyen, a razão pela qual o homem realiza um ato tão gentil é que “ele quer retribuir. Ele quer ajudar os outros, e é isso que Deus diz para ele fazer.”

Uma vizinha, Diana Fraye, passa pelo ponto que oferece sopa e água aos necessitados há anos.

Ela finalmente parou ali e entregou um ramo de flores para o homem anônimo como forma de agradecimento.

Mas quando ela lhe deu as flores, o homem recusou gentilmente: “Ele foi muito gentil e receptivo, mas não queria o presente. Ele me pediu para dar as flores a outro vizinho dele”.

A história foi contada por Lily Wu no Facebook, que postou que o único pedido do homem era “Basta dar-lhe toda a glória”.


Em uma foto do ponto de entrega, há uma pequena mensagem que o homem generoso deseja compartilhar: “Provai, e vede que o Senhor é bom; bem-aventurado o homem que nele confia” (Salmo 34, 8).

Fonte: Ateleia

Noivos vão doar cestas básicas arrecadadas como presente de casamento em Piçarras-SC

Valéria e Paulo em fotos do casamento(Foto: Leandro Marguesi/Divulgação)

Valéria Aparecida Ferreira Rodrigues e Paulo Akira Hanayama resolveram transformar o dia mais importante de suas vidas também marcante para os moradores de Balneário Piçarras, no Litoral Norte de Santa Catarina.

Os noivos, que já vivem juntos há dez anos, vão subir ao altar no próximo sábado (21/9) e, embalados pela maresia ao fundo do Molhe Sul da Barra, promoverão o verdadeiro exemplo de humanidade: em vez de presentes, o casal pediu aos mais de 300 convidados cestas básicas, que serão entregues a famílias em situação de vulnerabilidade.

A noiva Valéria é estudante de pedagogia e sempre esteve envolvida em causas sociais. Atualmente, participa de projetos de reciclagem e trabalha na fundação cultural da cidade com jovens infratores e crianças em situação de risco.

A cerimônia, que está sendo planejada há quatro meses, segundo ela, foi idealizada com o intuito de sensibilizar as pessoas da comunidade, pois, para os convidados, será uma lembrança de casamento, mas para os que necessitam de ajuda, o verdadeiro presente.

— Resolvemos proporcionar a alegria de outras pessoas no dia mais importante de nossas vidas — diz.

Ao buscar ajuda com os comerciantes da região, todos abraçaram a causa e resolveram contribuir para que a cerimônia saísse melhor que o planejado. A decoração do casamento será rústica, com móveis feitos por um artesão local com material reciclável, usando objetos encontrados pela orla.

Os convites de casamento também foram feitos com material reciclável. As flores, metade doadas por uma floricultura, estarão plantadas e serão reutilizadas em outro evento. A padaria local também contribuiu com a doação de alguns doces. A comida que sobrar será levada para o Sítio Caminho Novo, que ajuda no tratamento de dependentes químicos.

— Todos deram o seu melhor para que o casamento acontecesse. Eu estou muito feliz — comenta.

Outra ação vai arrecadar dinheiro para festa de meninas carentes

Além disso, o casal realizará uma segunda ação: o valor arrecadado com o corte da gravata do noivo e com o sapato da noiva será doado para a festa de debutantes de meninas carentes de Balneário Piçarras. O vestido da noiva será leiloado e o dinheiro arrecadado será para a compra de instrumentos musicais para a banda de inclusão social que Valéria ajudou a montar, com idosos e crianças autistas, com déficit de atenção e vulneráveis.

— Não faço nada disso por pretensão política, é realmente para fazer bem aos outros e para a minha alma.

A cerimônia, aberta ao público, será realizada às 16h10. Após a troca de alianças, todos partirão para o Iate Club Piçarras, onde oficializarão suas doações ao projeto social do casal.

— Desde governantes até pessoas carentes. A cerimônia é para todos — diz a noiva.


(Informações NSC Total/Por Redação AN)

7 temas que namorados devem discutir antes de decidir se casar

Uma das funções do período de namoro é justamente proporcionar tempo para que os dois conversem sobre assuntos que não podem ficar pendentes


Um casal que decidiu marcar a data do casamento precisa reconhecer que nenhum problema vivido no passado pode interferir nessa nova fase da relação. Uma das funções do período de namoro é justamente proporcionar tempo para que os dois conversem sobre todos os assuntos que não podem ficar pendentes e também aqueles que vão surgir depois do grande dia. O casal também precisa entender que o matrimônio mudará a vida dos dois, tanto na rotina, quanto financeira e emocionalmente.
Planejamento financeiro, divisão das tarefas domésticas, conhecimento mútuo de gostos pessoais, sonhos e projetos de cada um, abertura ao diálogo, tomada de decisões, prática religiosa e a ligação com a família e os amigos são temas que não podem faltar durante essa fase em que um precisa conhecer o outro profundamente. É o que defende a psicóloga Juliana Pimenta: “Todos esses assuntos merecem ser tratados nos momentos de conversas para que ambos cheguem convictos e seguros nesse grande momento da vida”.
Andréia e Thiago Camargos são influenciadores digitais e compartilham seu estilo de vida familiar por meio de um canal no Youtube. Adeptos do homeschooling, os dois mostram ao seu público como é a vida de um casal que educa os filhos baseados em princípios cristãos. Além disso, Déia e Tiba, como são conhecidos, contam tudo sobre como foi o processo de namoro e de noivado. Para eles, muitas questões precisam ser decididas antes do casamento.
Por isso, esse assunto foi pauta de um de seus vídeos publicados no canal. Os principais assuntos que eles elencaram são: abertura aos filhos, educação das crianças e vida financeira, sexual e religiosa. “Não são apenas detalhes, mas temas relevantes e importantíssimos para serem colocado às claras antes do matrimônio acontecer”, explicam na publicação.
Segundo Juliana, essas, entre outras questões, são bem importantes, porém o diálogo precisa estar acima de tudo. “Antes de casar é preciso saber se o casal sabe estabelecer uma boa conversa. Se ambos podem se colocar, falar, se ambos são ouvidos e respeitados, ou seja, se realmente há diálogo entre eles”, explica.
1. Desejo de ter filhos
Segundo Déia e Tiba, essa é a primeira questão que precisa ser decidida e vista antes do casamento. De acordo com Juliana, se um dos dois não estiver disposto a ter filhos, fica muito mais difícil o equilíbrio nesse relacionamento. “Um poderá se sobrecarregar mais que o outro e ainda podem começar a surgir barreiras devido a divisão de tempos, tarefa e dinheiro devido a exigências que um filho acarreta”, orienta.
2. Planejamento financeiro 
Para a especialista, também é imprescindível conversar sobre as questões financeiras. “É importante perceber durante o namoro e noivado como o outro faz essa administração, e se realmente a faz ou age de forma impulsiva, bem como se ambos têm propósitos convergentes”, recomenda Juliana. Para Déia e Tiba, é importante prestar atenção a isso já na conversa sobre a opção que o casal fará a respeito da comemoração do casamento. As dívidas geradas por uma festa muito imponente podem ser motivo de atritos logo nos primeiros meses de casamento.
3. Tarefas domésticas 
A divisão de tarefas domésticas é outro assunto decisivo. Quando se passa a compartilhar a mesma casa, dividir os afazeres é um fator essencial, para que cada um possa se organizar nas outras tarefas pessoais e profissionais sem se sobrecarregar.
4. Educação dos filhos
Falar sobre a educação dos filhos é mais do que essencial, porque quando os filhos chegam é bom que os cônjuges não se contradigam na frente deles. Para Déia e Tiba, um não pode “tirar a autoridade do outro diante das crianças”. Eles ressaltam ainda a importância de se certificar que o casal está na mesma página quando o assunto é o estilo de educação dos filhos, quer de forma geral, quer em relação à modalidade de escolarização e à educação religiosa.
5. Vida sexual
É importante dizer o que se espera um do outro no campo da sexualidade. Mais do que isso, é fundamental perceber durante o namoro como o outro enxerga essa dimensão do relacionamento e qual a disposição que cada um tem para aprender, pouco a pouco, a integrar a sexualidade em um caminho de manifestação do amor mútuo do casal. Quando esse campo não recebe a devida atenção, pode tornar-se um motivo de frustração para o relacionamento e, pior ainda, ocasião para o abuso e a violência.
6. Prioridades e projetos
Conversar sobre as prioridades e projetos é muito importante. Saber o que priorizar e decidir isso junto com o parceiro é o ideal. “Um dos aspectos a decidir juntos é se vão alugar uma casa ou vão construir uma”, exemplificam Déia e Tiba. Conversando sobre esse tipo de assunto, que no começo do namoro pode ser só um detalhe, é possível conhecer muito sobre o outro (e até a si mesmo) e antecipar possíveis embates.
7. Prática religiosa
As opções religiosas de cada um precisam ser manifestadas ao outro. Não basta simplesmente declarar de que religião você é, mas conversar sobre como cada um vê a relação com o sagrado, o papel da prática religiosa no dia a dia e o modo como a sua visão religiosa influencia decisões concretas na vida. Por isso tudo, esse aspecto não é um mero detalhe. A religiosidade pode ser um fator de união entre o casal, mas também de dissenso e de afastamento, se o casal não souber conversar sobre isso.

Fonte: Sempre Família

Donald Trump fará discurso histórico na ONU em defesa da liberdade religiosa

No encontro também estará presente o presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro



A Casa Branca anunciou que o presidente Donald Trump fará um discurso sobre liberdade religiosa na próxima segunda-feira, na sede das Nações Unidas na cidade de Nova York, e sediará um evento especial com a participação de líderes evangélicos e defensores da liberdade religiosa. Continua depois da publicidade


“O Presidente está trabalhando para ampliar o apoio internacional aos esforços contínuos para proteger a liberdade religiosa, após uma crescente perseguição de pessoas com base em suas crenças e um número crescente de ataques e destruição de templos por atores estatais e não estatais”, diz uma declaração da secretária de imprensa da Casa Branca, Stephanie Grisham.

"O presidente pedirá à comunidade internacional que tome medidas concretas para evitar ataques contra pessoas com base em sua religião ou crenças e garantir a santidade das casas de culto, e de todos os espaços públicos para todas as religiões", destacou o comunicado.

O evento de segunda-feira pela manhã será intitulado "Chamada global para proteção da liberdade religiosa". Johnnie Moore, um comissário da Comissão Americana de Liberdade Religiosa Internacional e um líder evangélico que se envolveu informalmente com o governo Trump, disse ao portal The Christian Post que muitos foram convidados a participar do evento.


Entre os convidados estão líderes evangélicos conservadores que participaram de eventos na Casa Branca, comissários da USCIRF, ativistas da liberdade religiosa e líderes de outras religiões. Moore chamou o evento da próxima segunda-feira de "verdadeiramente histórico".

“O Presidente dos Estados Unidos decidiu definir sua própria agenda para a Assembléia Geral das Nações Unidas e essa agenda envolverá a declaração mais abrangente e focada em liberdade religiosa já entregue por qualquer Presidente dos Estados Unidos às Nações Unidas”, escreveu Moore em resposta por email.

Trump será apresentado ao seu discurso pelo vice-presidente Mike Pence. O evento também terá a participação de altos funcionários da administração, de acordo com Moore. 

"Simplificando, o presidente está usando todo o peso dos Estados Unidos para forçar a questão da liberdade religiosa nas agendas dos líderes mundiais das Nações Unidas", afirmou Moore. “Não é uma questão secundária para os Estados Unidos. É um princípio organizador para os Estados Unidos e deve ser para todos os líderes globais".

Desde que Trump assumiu o cargo em 2017, seu governo colocou muita ênfase na proteção dos direitos à liberdade religiosa, nacional e internacionalmente, reforçando as iniciativas de ajuda para as minorias religiosas perseguidas no Iraque e na Síria a se restabelecerem após serem deslocadas pelo Estado Islâmico. 

Além disso, o governo Trump pressionou pela libertação do pastor Andrew Brunson, que ficou preso na Turquia por dois anos, e pela libertação de três prisioneiros cristãos na Coréia do Norte. O governo também denunciou a China por seus abusos contra várias comunidades religiosas, incluindo cristãos, muçulmanos uigures, budistas tibetanos, Falun Gong e outros. 


No encontro da ONU na próxima segunda, também estará na reunião o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, que também já se manifestou favorável às políticas de apoio à liberdade religiosa no mundo. É possível que em seu discurso, o chefe do Executivo do Brasil também endosse a necessidade de proteção aos perseguidos pela intolerância religiosa.


Fonte: Opinião Crítica

Um dia eu vou fazer tudo isso. Um dia eu vou contar que fiz

Um dia eu vou fazer isso. Um dia vou ter mais tempo pra ficar com a família. Ver minhas filhas crescendo. Um dia vou pedir demissão de um emprego bom. Morar em um apartamento simples. Viver uma vida com pouco gasto. Um dia eu vou desacelerar. Ter tempo de conversar com a mãe no telefone. Amar minha mulher.

Um dia vou passar um mês morando na praia. Um dia vou ensinar minha filha a pegar jacaré. Um dia as pessoas vão me perguntar ‘correria?’ e eu vou dizer ‘não, tá de boas’ e as pessoas não vão entender nada. Não vão saber se me acham o cara mais fracassado ou o cara mais bem sucedido.

Um dia vou me mudar pra uma cidade mais calma. Vou ficar lavando louça, ouvindo podcast. Levar minha filha pra escola caminhando. Ouvir a conversa dos passarinhos com ela. Tentar adivinhar o que dizem. Um dia vou ter tempo pra me despedir na frente da escola com um abraço apertado. Ouvir seu coração batendo. Ouvir as histórias emocionantes que as crianças contam na saída da escola.

Um dia a vida vai ser em câmera lenta. Vou olhar pra tudo como se fosse um filme. Umas imagens lindas na minha frente. Não vou tirar foto nem postar na internet. Vou só admirar. Curtir a vida real. Guardar em algum lugar da cabeça. Relembrar de tudo quando estiver me despedindo. Não me arrepender de nada.

Um dia eu vou fazer tudo isso. Um dia eu vou contar que fiz.


(Por Marcos Piangers/Revista Versar)

Ativistas tentam impedir psicóloga Marisa Lobo de falar contra o suicídio

A psicóloga é alvo de ativistas que tentam censurar a sua palestra contra o suicídio em Santiago, no Rio Grande do Sul


A psicóloga Marisa Lobo, conhecida por se posicionar abertamente contra a agenda de esquerda no país, informou ao Opinião Crítica que está sendo alvo de uma tentativa de boicote pelo "Coletivo Sobre Elas", visando impedir uma palestra sua, pasmem - contra o suicídio - na Câmara Municipal de Santiago, no Rio Grande do Sul.Continua depois da publicidade


"Estão fazendo pressão para não deixarem acontecer a palestra", disse Marisa, informando que se trata de um movimento de estudantes do curso de psicologia da Universidade Regional Integrada (URI), provavelmente com o apoio de membros o Conselho Regional de Psicologia.

Marisa Lobo compartilhou o print de tela de um perfil no Instagram, onde é possível ler a articulação do movimento para censurar sua palestra. "Ola pessoal, viemos juntamente ao Coletivo Sobre Elas convidar a todes [sic] para que possam participar conosco de uma ação que será realizada no próximo sábado, 21/09, às 14h, na Câmara de Vereadores de Santiago", diz o texto.

A pessoa que faz a convocação faz acusações falsas contra a psicóloga Marisa Lobo, cunhadas em manchetes sensacionalistas que não correspondem aos fatos, especificamente no tocante à "cura gay", como segue:


"A ação é voltada à visita da psicóloga Marisa Lobo na cidade de Santiago. A mesma, é figura conhecida e polêmica, por pautar sua prática profissional contra os movimentos LGBT+, à favor [sic] da 'cura gay' por ter sido acusada, julgada e, posteriormente, absolvida de usar de suas crenças religiosas em suas práticas profissionais enquanto psicóloga", diz o texto.

Na sequência, a pessoa responsável pelo perfil revela ignorância sobre o tema "ideologia de gênero", que apesar de abordado em vários países do mundo, e por vários autores diferentes de renome internacional, diz não existir esse termo, mais uma vez usando essa narrativa como incitação ao protesto contra Marisa Lobo.

"Além disto, se coloca contra a suposta 'ideologia de gênero' que além de ser um termo que não existe, vai contra toda e qualquer discussão e reflexão acerca das questões de gênero, sexualidade e da necessidade, cada vez mais real, de ter esse tipo de reflexão em todos os espaços, especialmente no âmbito escolar", diz o perfil.

Como se tais afirmações falsas não bastassem, a pessoa que incita a tentativa de censura diz que a psicóloga Marisa Lobo teria dito que o suicídio é cometido por "falta de Deus", quando o que a profissional ensina em suas palestras é justamente o contrário:

"Eu procuro desconstruir essa ideia, exatamente para derrubar o mito de que pessoas religiosas e de fé não estão sujeitas à depressão e ao suicídio", disse Marisa. "Essa pessoa levanta uma calúnia a meu respeito, fazendo afirmações irresponsáveis para provocar intriga contra mim".

No Instagam, a representante do Movimento Sobre Elas afirma: "Nesta vinda, Marisa Lobo falará sobre suicídio e, dentre material pesquisado por nós, encontramos a fala de que o suicídio é a 'falta de Deus' na vida das pessoas".


"Por tudo exposto, consideramos inadmissível a existência de profissionais que defendam as pautas que ela defende, especialmente por ser contra tudo aquilo que está em nosso código de ética e que aprendemos a trabalhar contra durante nossa formação. ???? Nos encontraremos em frente a Câmara a partir das 13h30", conclui a convocação.



Fonte: Opinião Crítica

O verdadeiro pulmão do planeta são os oceanos

De onde vem a maior parte do oxigênio que respiramos, das árvores ou das algas marinhas?


Das algas. “Se somarmos o oxigênio produzido pela fotossíntese de toda a população de algas de todos os oceanos, teremos mais gás do que aquele produzido pelas florestas”, garante a oceanógrafa Elizabete de Santis Braga, da Universidade de São Paulo. O oxigênio produzido pelas algas passa para o ar porque, quando há gás demais na água, ele extravasa para a atmosfera. Portanto o grande pulmão do mundo são os oceanos e não a Amazônia.

Não dá para comparar o oxigênio produzido por 1 metro quadrado de qualquer floresta com 1 metro quadrado genérico de algas. Boa parte das plantas é microscópica e tudo depende do grau de transparência das águas, que determina o quanto de luz penetra. É possível, entretanto, fazer comparações específicas, como 1 metro quadrado de floresta tropical úmida e 1 metro quadrado de algas Caulerpa taxifolia, abundantes no Mar Mediterrâneo.

Enquanto 1 quilômetro quadrado de floresta equatorial produziria isto de oxigênio…


…O mesmo espaço de algas verdes fabricaria dez vezes mais.


Fonte: Super Interessante

6 passos para ajudar seu marido ou sua esposa a lidar com o desemprego

A atitude do marido ou da esposa de quem ficou desempregado é imprescindível para que a situação seja superada e o casamento fortalecido


Com certeza você conhece alguém que está ou que já ficou desempregado em algum momento da vida. Seja por conta da crise, de reformulações na empresa, de um projeto pessoal que não deu certo, enfim… ninguém está livre disso acontecer. Só que além do impacto financeiro no orçamento da casa, o desemprego também pode afetar o relacionamento entre o casal. Será que é possível superar essa fase difícil e ainda usar isso para fortalecer a relação?
A psicóloga e coach Tais Targa afirma que quando o desemprego vem de uma forma repentina, é normal que a pessoa fique com a autoestima baixa e sofra bastante, apesar de nem sempre demonstrar isso. Daí a importância do cônjuge manter a calma e apoiar o parceiro(a). “Claro que é inevitável se questionar sobre como as coisas vão ficar dali para frente, mas a atitude do marido ou da esposa de quem ficou desempregado é imprescindível para que a situação seja superada”, disse.
A especialista também lembra que uma das principais finalidades do casamento é “estar ao lado de quem se ama quando as dificuldades surgem” e que sabendo administrar o momento é possível “fazer do limão uma limonada”.
“Você, com certeza, sairá mais fortalecido como pessoa, tendo aprendido mais do que imaginava com essa experiência e ainda terá uma união muito mais sólida, que resista às tempestades”, afirma Tais. “Lembre-se, duas pessoas se unem para que a vida se torne mais prazerosa e tolerável. Tudo o que você precisa é ser reconfortante e estimulante nesse período. Não perca o foco. A recolocação do seu cônjuge também depende de você”.
Confira uma lista com 6 passos para ajudar seu cônjuge a lidar com o desemprego:
1. Não se desespere
Quando seu cônjuge perde o emprego é comum que você comece, imediatamente, a pensar em mudar de casa, dispensar a diarista ou tirar as crianças da escola particular. Talvez essas providências até sejam necessárias, mas não em um primeiro momento. O que você precisa fazer de maneira urgente é olhar para a pessoa e dar forças para ela. Passe confiança e ajude-a dizendo que isso é apenas uma fase e que tudo vai passar.
2. Eleja as prioridades
O segundo passo, sim, é avaliar o que pode ser “enxugado” do orçamento familiar até que as coisas voltem ao normal. Mas faça isso de maneira equilibrada e consciente. Pense primeiro nas coisas supérfluas que podem ser cortadas, como comer fora durante a semana ou aquela viagem que dá para adiar. Mude a ótica também: muitas vezes o seu foco está no problema e você perde a chance de aprender com essa experiência. Se mudar seu estado mental, você se sentirá mais feliz e verá outras formas de lidar com a situação.
3. Elimine a palavra “desempregado” da sua vida
Ela só atrai ainda mais o foco para o problema. Em vez disso, use “em recolocação”, “atrás de novas oportunidades”. Assim você direciona o foco para um movimento positivo de busca por novos ares na carreira. Nunca diga que seu companheiro (a) está desempregado (a), apenas diga que está em um processo de transição ou em busca de uma nova oportunidade. Isso alivia o fardo.
4. Levante a cabeça
Não se envergonhe do fato de seu cônjuge estar passando por esta situação. Pelo contrário, compartilhe essa informação com quem você confia. Contando às pessoas mais próximas, pode ser que elas abram os olhos de vocês e ajudem a achar novos caminhos para o seu parceiro (a). Nunca se sabe como e quando as oportunidades podem aparecer. Não se trata de divulgar o problema, mas sim de não fazer questão de escondê-lo.
5. Alimente a autoestima
Sempre ressalte ao seu marido ou à sua esposa os talentos dele (a). Nos dias difíceis lembre-se de fazer elogios sinceros, de olhar nos olhos da pessoa que ama e de dizer que dias melhores virão. Com certeza você não se casou pelo emprego que ele ou ela tinham. Mostre isto todos os dias. Que você o (a) admira independentemente do seu status profissional.
6. Ajude na busca
Procure conteúdo de qualidade na Internet e ajude seu parceiro (a) a organizar o tempo dele. Dicas de livros, filmes, canais no Youtube e cursos gratuitos são importantíssimos. Se tiver tempo, pare para assistir com ele. Incentive-o a sair da TV e a consumir bons conteúdos. Assista a filmes com histórias inspiradoras, de pessoas que tiveram dificuldades tremendas e deram a volta por cima. E se perceber que a situação está difícil demais, não descarte a possibilidade de encaminhar seu parceiro (a) para a ajuda profissional de um psicólogo, por exemplo.

Fonte: Sempre Família

Dilma só "viaja para denegrir a imagem do Brasil no exterior", diz general Heleno

"Não falou de seu lamentável passado como guerrilheira", disse o general sobre palestras de Dilma na França


No último dia 14 (sábado), a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) deu início - acreditem se quiser - a uma série de palestras na França. O primeiro evento da viagem foi um ato pedindo a libertação de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso há um ano e meio na Operação Lava Jato.Continua depois da publicidade


Na terça-feira, Dilma participou de uma conferência em Sorbonne que pergunta: “O Brasil ainda é o país do futuro?”, segundo informações do jornal Folha de S. Paulo. "Lula está na prisão porque, se sair de lá, muda a correlação de forças políticas no Brasil. Está na prisão porque representa a luta pela democracia", disse a ex-presidente impichada em 2016 por fraudes financeiras durante a sua gestão.

Em seus discursos, Dilma utilizou a velha narrativa da esquerda sobre o "golpe", além de atacar diretamente o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro. "O Golpe de 2016, a prisão do Lula e a destruição dos partidos de centro e de direita. Tudo isso com o apoio da mídia, das Forças Armadas, do mercado e de setores políticos, que achavam que seria possível controlá-lo", disse ela.

Segundo o tabloide esquerdista Conversa Afiada, ela também atacou Bolsonaro: "O problema é que Bolsonaro não tem chip de moderação". Segundo Dilma, os apoiadores de Bolsonaro "passam a ter incômodo com o fato de ele ser tosco, com o fato de ele ser misógino".


General Heleno reage

Para o general Augusto Heleno, Ministro de Estado Chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, a viagem de Dilma Rousseff ao exterior não teve outro objetivo, senão denegrir a imagem do Brasil e atacar o atual governo.

"A Sra Rousseff, durante palestra em Paris, fez várias críticas ao Pres Bolsonaro. Não falou de seu lamentável passado como guerrilheira, de seu merecido impeachment nem do fracasso da sua candidatura ao Senado por MG. Viaja para denegrir a imagem do Brasil no exterior", disse ele em sua rede social.



Fonte: Opinião Crítica

Homem é preso e adolescentes são apreendidos após furtarem carro de policial, no Oeste


Dois adolescentes foram apreendidos e um homem preso, após furtarem um Toyata/Corolla de um policial civil, em Guarujá do Sul, no Oeste de Santa Catarina. O veículo estava em uma oficina para manutenção e foi roubado por volta das 12h30, desta quinta-feira (19). As informações são da Rede Peperi.

A Polícia Militar de Guarujá do Sul, com apoio das PM’s de Dionísio Cerqueira e São José do Cedro iniciaram as buscas pelo veículo. Conforme a Rede Peperi, após uma denúncia de moradores por meio do grupo da Rede de Vizinhos, a Polícia localizou o veículo e os suspeitos.

No interior de São José do Cedro, após perseguição policial, os suspeitos perderam o controle do veículo e colidiram contra um barranco. Um dos suspeitos foi preso e os outros dois fugiram para a mata.

Após perseguição, os policiais encontraram os outros dois suspeitos. Eles foram conduzidos para delegacia. Os adolescentes estavam com mochilas com roupas e dinheiro. O material também foi apreendido.



Com informações Clic RDC

Fonte: Notícia Hoje

Joaçaba – Espaços temáticos são destaques da GERA 019


Com a proposta de “Evolucionar”, a GERA 019 está oferecendo alguns diferenciais para os visitantes. Entre os quais, destacam-se os Espaços Temáticos que na edição deste ano ganharam mais vitalidade e um destaque especial na estrutura do evento. Idealizado a partir do estudo de vários públicos, os Espaços Temáticos oferecem opções para toda a família viverem novas experiências por meio da tecnologia e inovação. Para a GERA 019, são seis atrações. Conheça:

Espaço Ideias e Desafios: Disruptivo e instigante. Uma grande oportunidade para a geração de novas ideias por meio de desafios que serão compartilhadas entre os participantes. O espaço está sendo organizado pela Agência Fullgaz.

Espaço Kids: um espaço dedicado especialmente às crianças que estiverem na Feira GERA 2019. A FIESC, por meio do SESI, e a Celulose Irani acompanharão o espaço que será um dos diferenciais da Feira.

Espaço Experiência: gerar conteúdo, oportunidade e conhecimento por meio da experiência. Este é o objetivo deste espaço que também surge como uma das novidades para a Feira GERA 2019. Neste espaço, serão conhecidos também os finalistas do “Desafio 3M: A inovação que cola” promovido pela Soldas Planalto/3M em parceria com o Inovale.

Espaço Youtubers: uma das principais tendências da web estará na programação da Feira. O espaço Youtubers é uma iniciativa que vem ao encontro das principais tendências do mercado digital do Brasil, atualmente. O espaço está sendo organizado pela Tirol em parceria com o Curso de Publicidade e Propaganda da Unoesc.

Arena Strike: local para compartilhar conhecimento e conhecer as principais tendências sobre inovação e tecnologia. No espaço, os participantes terão acesso a rádios que permitiram acompanhar as palestras de forma mais assertiva, sem ruídos – uma novidade para a GERA 019. O local é patrocinado pela Batata Frita Strike.

Garagem Sustentável: localizada na parte externo do Centro de Eventos, o espaço demonstrará as principais tendências para o uso das energias renováveis, no caso a solar. O espaço, organizado pela Scherer Autopeças e Soenger Energia terá a presença de carros elétricos e híbridos para oferecem uma nova experiência para os participantes.








Fonte e fotos: Assessoria de Imprensa

Protetores Ambientais realizam Blitz Ecológica em Joaçaba


Nesta sexta-feira (20), o 2º Batalhão de Policia Militar Ambiental (PMA), unidade que integra o Comando de Policiamento Militar Ambiental, através de sua unidade de Joaçaba, contou com a participação dos alunos da turma dos Protetores Ambientais (PROA), e realizou uma “Blitz Ecológica” no centro da cidade de Joaçaba, em alusão ao “Dia da Árvore” comemorado em 21 de setembro.

Durante o evento os alunos realizaram a distribuição de mudas de pinheiro brasileiro (Araucaria angustifolia) à população que circulava pela área central do município.

Além das mudas, foram entregues folhetos e cartilhas, visando à conscientização ambiental e salientando a importância desta data para as presentes e futuras gerações.
As mudas foram doadas pelo Rotary Club de Joaçaba.








Fonte e fotos: Polícia Militar Ambiental