segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Vazamento de amônia em empresa de Joaçaba mobiliza bombeiros

Por volta das 13h40 deste sábado (17), o Corpo de Bombeiros foi deslocado para atender um vazamento de amônia na Copérdia, rua Armindo Eberle, bairro Vila Remor, em Joaçaba.

A informação inicial era de que havia ocorrido uma explosão de um dos tanques contendo a substância, porém, ao chegarem no local os bombeiros constataram ser um vazamento sem explosão em um tanque que fica em uma câmera de resfriamento de leite. A situação foi rapidamente controlada e não houve feridos, porém dois funcionários e alguns motoristas que estavam estacionados no pátio próximo ao local do vazamento reclamaram de mal estar. O Samu deslocou uma equipe até o local e dois funcionários que tiveram contato com o gás foram encaminhados para o Hospital Universitário Santa Terezinha.

Por ser um gás extremamente tóxico o local foi isolado em um perímetro de 800 metros, além disso, os bombeiros tiveram que usar roupas e equipamentos especiais para ter acesso a sala onde houve o vazamento. A Celesc desligou a rede de alta tensão na área do incidente.

Técnicos de uma empresa que presta serviço a Copérdia deverão se deslocar ao local para uma avaliação e reparo do equipamento que teve problemas.

A amônia é considerada um produto químico perigoso, corrosivo para a pele, olhos, vias aéreas superiores e pulmões. É irritante quando inalada e o nariz é geralmente o primeiro a sentir os sintomas da exposição. Caso seja inalada, pode causar tosse, chiado no peito, falta de ar, asfixiar e queimar as vias aéreas  superiores.

Assista a reportagem












Fonte e Fotos: Portal Éder Luiz

Nenhum comentário:

Postar um comentário