quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Temer estuda vetar renegociação de dívida dos estados

O presidente Michel Temer estuda vetar a renegociação da dívida dos estados, aprovada pelo Congresso Nacional na semana passada.

Essa tendência ganhou força depois da reunião de ontem no Palácio do Planalto com os ministros Henrique Meirelles, da Fazenda, Dyogo Oliveira, do Planejamento, e Eliseu Padilha, da Casa Civil.

Temer também recebeu nesta noite no Palácio do Planalto o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia e o líder do PMDB, Baleia Rossi.

Apesar da tendência ao veto, Temer quer ainda consultar alguns governadores sobre a repercussão política da medida.

A tendência ao veto ganhou força porque o Congresso aprovou a renegociação sem as contrapartidas que constavam inicialmente da proposta, como aumento da contribuição previdenciária dos servidores estaduais e proibição de reajuste e de novas contratações.

Para o Palácio do Planalto, as contrapartidas apresentadas tiraram dos governadores parte do desgaste político que seria gerado para implementar medidas amargas repassando-o ao governo federal.

Caso se confirme o veto, a ideia do governo é reenviar um novo projeto de lei de renegociação da dívida dos estados resgatando as contrapartidas.

Fonte: Rádio Tropical FM 

Nenhum comentário:

Postar um comentário