sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Santa Catarina tem a maior expectativa de vida

Santa Catarina tem a maior expectativa de vida ao nascer para ambos os sexos, de 78,7 anos. O Estado também tem a mais elevada esperança de vida tanto para os homens (75,4 anos) quanto para as mulheres (82,1 anos).

Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (1), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nas Tábuas Completas de Mortalidade do Brasil de 2015. Em seguida, está o Espírito Santo (77,9) e Distrito Federal (77,8). No outro extremo da lista está o Maranhão, que teve a menor expectativa de vida ao nascer, de 70,3 anos.

A mais baixa esperança de vida para os homens foi a de Alagoas, de 66,5 anos, enquanto Roraima teve a menor expectativa de vida para as mulheres, de 74,0 anos. A maior diferença entre as expectativas de vida de homens e mulheres foi registrada em Alagoas, onde elas vivem 9,5 anos a mais do que os homens.

Os homens conseguiram aumentar mais a sua expectativa de vida do que as mulheres em 2015, mas ainda vivem sete anos a menos do que elas. No geral, a esperança de vida ao nascer no Brasil alcançou 75 anos, 5 meses e 26 dias, um aumento de 3 meses e 14 dias em relação a 2014 (75,2 anos).

Os dados apresentam as expectativas de vida às idades exatas até os 80 anos, trazendo informações por sexo e localidades. A Tábua de Mortalidade é usada como um dos parâmetros para determinar o fator previdenciário, no cálculo das aposentadorias do Regime Geral de Previdência Social.

Fonte: Rádio Videira AM

Nenhum comentário:

Postar um comentário