terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Menino de 12 anos morre afogado no rio do Peixe em Caçador

Um menino de 12 anos, identificado como Gustavo, se afogou no rio do Peixe. O fato ocorreu por volta das 16h desta segunda-feira, 26, na rua Humberto Busatto, próximo ao ponto de captação de água da Casan e ele segue desaparecido.

Segundo populares, Gustavo brincava com mais duas crianças no local quando se afogou. Uma equipe dos Bombeiros Voluntários foi acionada para fazer as buscas pelo corpo do menino. Seu corpo foi encontrado por volta das 18h20, pelos mergulhadores dos Bombeiros Voluntários.

Gustavo, natural de Canoinhas, morava com a mãe na cidade de Curitiba, no Paraná, e veio para Caçador passar as férias na casa do pai. Ele estava brincando no rio na companhia do tio, de 25 anos, e de duas meninas de 12 anos quando se afogou.

O menino submergiu por volta das 16h15 e foi encontrado cerca de duas horas depois. Segundo os bombeiros, o corpo estava cerca de dois metros de profundidade.

As duas meninas também se afogaram, mas passam bem. Uma delas chegou a ser socorrida inconsciente, e a outra conseguiu sair do rio por conta própria. A família de Gustavo acompanhou os trabalhos dos bombeiros no local.

Família acusa o tio

O tio do Gustavo é acusado pela família de ter sido o causador da morte do menino. Segundo relatos das meninas que sobreviveram, o homem teria convencido as crianças a ir na área mais profunda do rio. Elas seguiram o tio e acabaram se afogando. O homem tem passagens pela polícia e foi solto do presídio há pouco tempo. Ele fugiu antes da chegada da Polícia Militar.

A mãe do garoto passou mal no local e precisou ser atendida pelos bombeiros.

Fonte: Caçador Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário