terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Arroio Trinta: Câmara de vereadores aprova um projeto e devolve outro para administração

De acordo com o presidente do legislativo Luiz Biava, na sessão de ontem, dois projetos que estavam nas comissões retornaram para votação na última sessão do legislativo.

Ele pontua que o projeto 021, autoriza a prefeitura a incorporar na frota de veículos da secretaria da saúde, uma nova ambulância, recebida do governo do estado.

Segundo Biava, o governo do estado realizou a entrega de veículos para a secretaria da saúde a 121 municípios, e Arroio Trinta está entre as cidades contempladas.

Isso, ressalta o presidente, graças ao empenho da administração municipal, dos vereadores e deputados, bem como o governador que atendeu o pedido de Arroio Trinta.

Já o segundo projeto, explica Luiz Biava, foi devolvido a administração municipal para reformulação, após a análise da mesa diretora e também dos demais vereadores.

O projeto, detalha ele, se refere ao pagamento de uma indenização a um morador que teve o portão de sua propriedade danificado acidentalmente enquanto um funcionário da prefeitura manobrava um micro-ônibus.

Segundo o presidente Luiz Biava, os vereadores procuraram informações a respeito dos danos, bem como do valor do qual o projeto tratava e na opinião ambos não eram condizentes.

O presidente do legislativo disse que a câmara não tem nada contra a administração municipal ou mesmo o proprietário que teve o portão danificado, mas devolveu o projeto com a sugestão de que seja analisado novamente e reformulado.

De acordo com o presidente Luiz Biava, a Câmara de Vereadores de Arroio Trinta tem orçamento de 3,5 por cento da arrecadação municipal, diferente da maioria dos municípios onde o valor é de 7 por cento. A alteração orgânica foi feita ainda em 2010

Segundo ele, a câmara fez um esforço muito grande para o fechamento das contas, pois algumas despesas que não estavam programadas, precisaram ser feitas.

Ele cita, por exemplo, o aumento nos vencimentos, cargos e contratos. Mesmo assim, foram devolvidos para a prefeitura cerca de 10 mil reais.

Segundo Biava, este valor pode até não soar tão representativo em números, mas levando em conta que a Câmara trabalha com apenas 50 por cento do orçamento, o deixa satisfeito.

Fonte: Rádio Tropical FM 

Nenhum comentário:

Postar um comentário