quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

16 vítimas serão enterradas em Chapecó após velório coletivo na Arena Condá

Em entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira (01), o gerente de comunicação da Chapecoense, Andrei Copetti, informou que 16 vítimas serão enterradas em Chapecó após o velório coletivo na Arena Condá. De acordo com o Coppeti, todos os corpos devem ir para cidade. Destes, 51 serão velados coletivamente, e os restantes irão diretamente para suas cidades de origem partindo de Chapecó.

O gerente também declarou que o foco neste momento é dar apoio humanitário e trabalhar nas investigações das causas do acidente, para depois pensar na reestruturação do clube. Ele ainda comentou que a situação dos sobreviventes é  grave, porém estável.

— Chapecoense perdeu seu time, mas em termos de organização e estrutura é um dos melhores times do Brasil. A todo momento recebemos propostas de ajuda. O processo de reestruturação do departamento de futebol e da diretoria nesse momento começa pelas próprias pernas. Estamos recebendo propostas de amistosos com grandes clubes para reverter a renda para a Chapecoense. Depois de enxugar as lágrimas vamos pensar em futebol — disse.

A torcida não terá acesso aos caixões, que serão posicionados em uma área do gramado por questões de segurança. Somente familiares e amigos próximos poderão adentrar o local.

Fonte: Diário Catarinense

Nenhum comentário:

Postar um comentário