terça-feira, 22 de novembro de 2016

Sessão do legislativo de Treze Tílias contou com a presença do Gerente Comercial da Superintendência da CASAN, Regional Chapecó

Na sessão realizada na noite desta segunda-feira, 21 de novembro, durante as explicações pessoais foi concedida a palavra ao Gerente Comercial da Superintendência da Casan/Regional/Chapecó, Deonir Antônio Sandrin.

Sandrin fez um relato da atuação da estatal, com os investimentos, obras e custos da empresa. O gerente foi convidado pela câmara por meio da Vereadora Soraya Boesing Juchen, para falar especialmente sobre a cobrança de 100% da taxa de esgoto.

Ele disse que o percentual cobrado da taxa é amparado por lei e não poderá ser baixado e reitera que o tratamento de esgoto é oneroso e só é possível fazer investimentos no setor por meio de financiamento e, que dificilmente haverá redução da taxa, pois a empresa está amparada legalmente para cobrar a alíquota.

Conforme Sandrin, a Casan é fiscalizada pela Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento, (ARIS), que cobra da empresa o investimento do tratamento de esgoto. Segundo Sandrin, a construção de rede coletora e rede de esgoto devem ficar prontas até 2025, com investimentos de R$ 1bilhão e 800 milhões de reais.

Sandrin reiterou que o objetivo do tratamento do esgoto é a preservação dos mensais de água superficiais e subterrâneas.

A vereadora Soraya, afirmou que ficou satisfeita com presença do dirigente da Casan, mas que não gostou das informações prestas e confirmou que irá promover um abaixo-assinado com consumidores que pagam taxas de 100%, para reivindicar a diminuição da alíquota.

Os vereadores José da Rocha, Ailton Durli, Ademir Concatto, Soraya Boesing Juchen e leocrides Brandalise fizeram questionamentos ao gerente sobre o fornecimento de água e principalmente sobre o tratamento de esgoto na cidade.

O gerente da Casan de Treze Tílias, Ronaldo Dalmolin também participou da sessão e respondeu a perguntas dos vereadores. Dalmolin disse que a estação de tratamento de esgoto está funcionamento bem e, que Treze Tílias, tem 35% de cobertura de tratamento de esgoto.

Também na sessão da noite desta segunda-feira, foi aprovado projeto de lei do executivo que abre crédito suplementar para o município, no valor de R$ 860.692,13.

E deu entrada uma proposta de Emenda à Lei Orgânica de autoria dos vereadores Gustavo Gschwendtner, Ademir Concatto, Ledir Luvison e Ailton Durli, que acrescenta artigo e parágrafo à Lei Orgânica do município de Treze Tílias.

A proposta foi encaminhada para análise nas comissões permanentes. A próxima sessão do Legislativo de Treze Tílias, será na segunda-feira, dia 28, a partir das 19h30min. 

Fonte: Rádio Tropical FM 

Nenhum comentário:

Postar um comentário