quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Justiça determina exame mental de suposto serial killer em Caçador

Apontado pela Polícia Civil de Caçador como um serial killer, o jovem acusado de praticar dois assassinatos na cidade, no último mês de abril, deverá passar por um exame de sanidade mental

Em decisão publicada na última terça-feira, a Vara Criminal do município determinou que Fábio da Silva, 23 anos, seja submetido a um exame médico legal no Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico, em Florianópolis.

Trata-se de uma medida para confirmar se o réu é ou não imputável, ou seja, se tinha ou não plena capacidade de entender o que fazia na hora do crime. Fábio da Silva é réu confesso e foi denunciado pelas mortes de Lucas Pereira, 22 anos, e de Clarisse Justino de Andrade, 23 anos.

Lucas foi morto por estrangulamento, além de ter o corpo esquartejado e escondido em uma cova. Clarisse foi assassinada em circunstâncias parecidas, tendo partes do corpo mutiladas. Ao ser preso, o acusado admitiu os crimes, mas disse não lembrar de detalhes dos acontecimentos.

Ele ainda alegou que os homicídios seriam consequência de alucinações. Em audiência realizada na última semana, Fábio da Silva foi ouvido em juízo e repetiu o que havia dito na fase policial.

Fonte: Rádio Tropical FM

Nenhum comentário:

Postar um comentário