segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Joaçaba: Coordenador de campanha explica motivos da desaprovação das contas de Dioclesio Ragnini

A Justiça Eleitoral deverá julgar esta semana o processo envolvendo as contas do prefeito eleito de Joaçaba. Dois pareceres, um do cartório e outro do Ministério Público, recomendam a desaprovação em razão de inconsistências que foram identificadas pelos técnicos que analisaram os documentos.

O Coordenador de Campanha de Dioclesio Ragnini, contador Jorge Dresch, concedeu entrevista a Rádio Catarinense na sexta-feira, mostrando-se de certo modo tranquilo com a situação. Segundo ele foi um erro técnico. O valor do fundo partidário recebido pelo partido, que envolve um montante de R$ 5 mil, foi depositado nas contas do então candidato a prefeito e transferido para conta de campanha de três candidatos a vereadores. “Pela legislação todo dinheiro vai pra conta do candidato e dessa conta foi orientado os vereadores para abertura de conta partidária específica para receber este valor, o que acabou não acontecendo” explicou Dresch.

Para Jorge Dresch não foi um erro grave. O julgamento deverá ocorrer esta semana e pode acontecer a devolução do valor. Não há risco de não ocorrer a diplomação em razão desta inconsistência, de acordo com o cartório eleitoral.

Por Marcelo Santos

Fonte: Rádio Catarinense 

Nenhum comentário:

Postar um comentário