segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Joaçaba: Acadêmicas do curso de Fisioterapia da Unoesc avaliam o desenvolvimento motor em bebês de escola pública

O curso de Fisioterapia da Unoesc Joaçaba realizou, no dia 20 de outubro, uma avaliação de desenvolvimento motor em bebês, do Centro Educacional Infantil Rosa Branco, em Joaçaba. Participaram da atividade, cinco acadêmicas do curso, bem como a professora responsável pela avaliação, Angela Brol.

A primeira infância, que abrange a idade entre zero a cinco anos, é a fase em que a criança precisa aprender e incorporar vários atos motores, que serão levados para o resto da vida. Neste período, principalmente no primeiro ano de vida, os primeiros marcos motores aparecem com o controle da cabeça, o rolar, o arrastar e, mais tarde, o sentar, o engatinhar, até chegar a caminhar em torno do final do primeiro ano.


A coordenadora do curso de Fisioterapia da Unoesc Joaçaba, professora Chrystianne Barros Saretto, explica que o desenvolvimento motor também está relacionado às capacidades cognitivas e intelectuais das crianças. Além disso, um atraso no desenvolvimento motor pode trazer, futuramente, complicações no que se refere ao aprendizado.

— A avaliação do desenvolvimento motor envolve vários critérios que quantificam se a criança está ou não nos padrões de normalidade, e se precisa de intervenção para evitar problemas no futuro — comentou a professora Chrystianne.

Durante a atividade, as cinco acadêmicas do curso, Camila Susin, Daiane Schmitz, Dandara Godoi, Maiara Gonçalves e Pamela Southier, vivenciaram a avaliação de várias crianças e orientaram as professoras e cuidadoras da escola, sobre os sinais de atraso de desenvolvimento motor.

— Dessa forma, as professoras estarão capacitadas a observar estes sinais e sugerir o acompanhamento fisioterápico para tratamento — ressaltou a coordenadora.


Fonte: Dhébora Santiago/Ascom Unoesc

Nenhum comentário:

Postar um comentário