quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Novas escolas com ensino médio integral em Santa Catarina serão definidas até o fim desta semana

O Ministério da Educação (MEC) publicou uma portaria instituindo o Programa de Fomento à Implementação de Escolas em Tempo Integral em todo o país.

A meta é atender até 572 escolas públicas com 257 mil e 400 vagas entre os Estados e o Distrito Federal. Em Santa Catarina, o número máximo de alunos a serem atingidos neste primeira fase com investimento federal pode chegar a 13,5 mil.

A ampliação das turmas de ensino médio integral é um dos pilares da medida provisória 746, que reestrutura e flexibiliza o ensino médio no país, editada pelo governo federal no dia 22 de setembro e que agora segue para discussão do Congresso Nacional.

As escolas contempladas terão de oferecer um currículo anual de 1,4 mil horas – hoje é de 800 horas por ano –, garantindo pelo menos cinco horas semanais para aulas de língua portuguesa, cinco para o ensino de matemática e oito horas para conteúdos flexíveis definidos pela escola ou pela Secretaria da Educação.

As primeiras turmas começam a partir de 2017. Em Santa Catarina o currículo de formação integral será aplicado gradativamente, segundo a coordenadora de Educação Básica da Secretaria de Estado da Educação, Sirley Damian de Medeiros.

A ideia é, a partir do ano que vem, instituir o programa para alunos do 1º ano do ensino médio e só em 2018 expandir para os do 2º ano e, em 2019, para os do 3º.

Fonte: Rádio Tropical FM 

Nenhum comentário:

Postar um comentário