sábado, 8 de outubro de 2016

Ministério Público Eleitoral investiga compra de votos por vereador eleito em Joaçaba

Dinheiro e santinhos encontrados com o cabo eleitoral. 

Após a prisão de um cabo eleitoral e apreensão de dinheiro e material de campanha política, O Ministério Público Eleitoral (MP) de Joaçaba está dando encaminhamento a um processo que poderá resultar em prejuízos a um candidato eleito para o cargo de vereador em Joaçaba. Por hora, o nome do candidato não será divulgado pelas autoridades que investigam o caso. O procedimento será encaminhado à Justiça Eleitoral após a manifestação do MP.

Tudo aconteceu no último domingo, 02, quando ocorria a eleição. Por volta das 14h40, policiais militares averiguaram, no Acesso Adolfo Zigueli, próximo a entrada para o Bairro Anzolin, uma denúncia anônima de que o motorista de um veículo Fiat/Palio estaria realizando compra de votos no bairro Vila Remor. O referido veículo foi encontrado descendo sentido centro. Estavam no carro o motorista e mais mais uma mulher e um homem, em revista pessoal foi encontrado com a mulher um santinho e R$50,00. Na busca dentro do veículo foi localizado ao lado do banco do motorista um malote com dinheiro, totalizando R$ 295,35, santinhos e uma lista com nomes e valores, sendo um dos nomes da lista o do carona do veículo, no porta objetos da porta foi encontrado uma carteira e santinhos, e no painel e escondido na lixeira do veículo mais diversos santinhos. Quando perguntado de quem seria este material o motorista afirmou ser seu. No total foram apreendidos 111 materiais de cunho eleitoral.

O carona disse ter recebido do motorista R$ 100,00, mesmo valor que consta na lista encontrada.

Segundo o delegado Ricardo Saroldi, que aplicou o flagrante, no celular do homem que estava comprando votos foram encontradas mensagens em aplicativos que comprovaram o crime, caracterizando venda e compra de votos, bem como, transporte de eleitores para votação.

O caso foi então encaminhado ao MP Eleitoral de Joaçaba, que analisa as provas. Após a Justiça Eleitoral receber a denúncia uma das sanções poderá ser o impedimento que o candidato eleito assuma seu posto na câmara de vereadores. Mas, antes de qualquer decisão o denunciado terá todas as condições de se defender.

Fonte: Portal Éder Luiz

Nenhum comentário:

Postar um comentário