quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Justiça Federal irá investigar esquema de propina da Operação Patrola

A Rádio Tangará divulgou nesta manhã que o esquema de propinas da Operação Patrola, descoberto pelo Ministério Público, será remetido à Justiça Federal.

O processo envolvendo a compra de sete máquinas pesadas pela administração do ex-prefeito Robens Rech, entre os anos de 2010 a 2013, objeto da operação PATROLA III, antes sob a competência da Comarca de Tangará, agora foi remetido para a Justiça Federal de Joaçaba, pois envolve o emprego de recursos federais.

Considerando que o Superior Tribunal de Justiça reconheceu a competência da Justiça Federal para processar e julgar os fatos, visto a urgência que o caso necessita.

Confira a decisão

Fonte: Portal Éder Luiz

Nenhum comentário:

Postar um comentário