quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Escolas da regional de Videira participam de Feira Estadual

Estudantes, professores e representantes da Gerência de Educação (Gered) da 9ª Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) estarão participando nesta quarta e quinta-feira, dias 19 e 20 de outubro, da 11º Feira Estadual de Ciências e Tecnologia, que será realizado em Florianópolis. Três trabalhos avaliados como destaques na Mostra Regional do Conhecimento seguirão para a etapa estadual.

Para o secretário executivo, Euro Vieceli, o momento será de socialização do conhecimento "São trabalhos muito interessantes que serão multiplicados com outros estudantes e professores do Estado. Temos a certeza que eles irão representar muito bem toda a nossa regional" afirmou o secretário parabenizando os estudantes participantes.

Integram a comitiva regional seis estudantes e três professores que apresentarão os trabalhos: "Experiências Tecnológicas e Agro ecológicas em Escolas do Campo" da EEB 25 de maio; "Godofredo - princípio de eletrônica e robótica como meio incentivador de leitura para crianças de 1º ao 5º ano" da EEB Anita Brasileira e o trabalho da EEB Frei Evaristo intitulado "Desenvolvimento e automação de um sistema de Aquaponia caseiro". Segundo a coordenadora da feira regional, Fabiana Arndt, a equipe está cheio de boas expectativas.

A Feira Estadual de Ciência e Tecnologia concentra trabalhos destaques premiados em 28 feiras realizadas pelas Gerências Regionais de Educação, Coordenadoria da Grande Florianópolis e do Instituto Estadual de Educação (IEE). Na 11º edição do evento, estarão reunidos quase 80 trabalhos de alunos de todo o Estado. 

Para a gerente de educação da 9ª ADR, Rita de Cássia Soares, o evento culmina o encerramento dos ciclos de feiras regionais "Uma grande festa da educação, onde estudantes, professores e a comunidade podem conhecer um pouco mais do que é desenvolvidos nas escolas de todo o estado. Uma grande troca de experiências a partir das apresentações das produções cientificas e culturais realizadas no contexto educativo de cada localidade" afirmou.

Este ano, diferente das últimas edições do evento, a maior parte dos trabalhos apresentados são voltados a tecnologias como robótica, automação e geração de energia limpa. Nas edições anteriores a abordagem dos projetos era focada na preservação do meio ambiente e em alternativas menos invasivas de convívio com a natureza. 

O público poderá visitar os estandes nos períodos matutino e vespertino. A Feira é dividida em três categorias: ensino fundamental, médio e profissionalizante. Os projetos serão avaliados por uma comissão formada por professores, técnicos pedagógicos e gestores.

Fonte: Assessoria de Imprensa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário