sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Unidades do meio-oeste recebem 6 mil visitantes durante o Mundo SENAI

Durante dois dias estudantes e a comunidade tiveram a oportunidade de visitar escolas da Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) em todo o País. Isso porque as portas da instituição estiveram abertas nos dias 28 e 29 de setembro, no evento Mundo SENAI. Com a realização de palestras, oficinas e visitas guiadas para apresentar opções de cursos que qualificam para o trabalho na indústria.

No Meio-Oeste as unidades do SENAI de Joaçaba, Capinzal e Campos Novos receberam alunos e a comunidade. Conforme a diretora das Unidades FIESC – SENAI do Meio Oeste, Silvana Meneghini foram recebidos aproximadamente 6 mil visitantes nas três unidades.

O SENAI integra a Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC), possui 63 unidades fixas, que totalizam 923 laboratórios e 565 salas de aula. Em mais de 60 anos de existência no Estado, a entidade registrou mais de 2,4 milhões de matrículas. Os programas de educação profissional abrange desde áreas do conhecimento tradicionais até a novíssima indústria 4.0, que inclui robôs e tecnologia ao processo produtivo.

Na 13º edição em SC o evento foi pioneiro e foi integrado ao calendário do SENAI em todo país e é uma oportunidade para comunidade empresarial, a população e as famílias conhecer projetos desenvolvidos pelos alunos dos Cursos Técnicos e de Aprendizagem do SENAI. “Todos ficaram impressionados com trabalho dos alunos e estrutura do Senai, todos os projetos desenvolvidos pelos alunos são feitos sob orientação de professores. Empresários avaliaram os projetos e puderam inclusive ver potenciais que possam ser aproveitados em suas empresas”, destacou diretora do Diretora das Unidades FIESC – SENAI do Meio Oeste, Silvana Meneghini.

Foram apresentados 55 projetos na unidade do Senai em Joaçaba entre eles em segurança do trabalho, mecânica, técnico em automação, eletrotécnica, informática e outros de aprendizagens.

Em Capinzal projetos ligados a alimentos e mecânica e em Campos Novos projetos de mecânica e eletrotécnica, as duas unidades juntas reuniram 50 projetos. Somando a região Meio Oeste apresentou mais de 100 projetos a comunidade. “Os projetos são instrumentos professores utilizam para contextualizar teoria com o aluno e são inovadores”, salientou Silvana. “O Mundo SENAI é um evento que transforma a visão dos jovens, é também uma oportunidade para que os futuros profissionais conheçam mais sobre as carreiras da indústria, descobrindo os caminhos que o SENAI oferece para a melhor formação profissional”, enfatiza a diretora.

O vice-presidente centro-oeste da FIESC Márcio Luís Dalla Lana esteve visitando o Senai em Joaçaba e destacou a importância do evento. “Esse é um evento que apresenta a produção dos nossos alunos, a inovação e está espelhado na nossa indústria”.

O evento que ocorreu simultaneamente em todo país, apresentou as unidades do SENAI, sua infraestrutura e o universo das profissões, promovendo a formação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, por meio de palestras, mostras tecnológicas, minicursos, orientação profissional, e visitas aos laboratórios que simulam o dia a dia da indústria, e muito mais. São diversas oportunidades de interação em um ambiente ideal para o contato com o conhecimento, aumentando a assertividade dos jovens na escolha profissional, ampliação do número de matrículas e fortalecimento do relacionamento com os públicos de interesse do SENAI.

Saiba mais – O SENAI é um dos cinco maiores complexos de educação profissional do mundo e o maior da América Latina. Seus cursos preparam trabalhadores para 28 áreas da indústria brasileira, desde a iniciação profissional até a graduação e pós-graduação tecnológica. Desde 1942, quando iniciou suas atividades, já formou mais de 65 milhões de trabalhadores. Atualmente, essa rede funciona com 518 unidades fixas e 504 unidades móveis em 2,7 mil municípios brasileiros. Em 2015, a instituição ficou em primeiro lugar na olimpíada mundial de ocupações técnicas, a WorldSkills 2015, o que comprova seu nível de excelência.

Fonte: Nativa Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário