terça-feira, 27 de setembro de 2016

Secretário Estadual de Educação explica como será como introduzida a reforma do ensino médio em Santa Catarina

Uma medida provisória assinada pelo governo na última quinta-feira, dia 22, promete deixar o aluno um pouco mais à vontade para estudar as matérias que ele preferir.

O governo decidiu tornar metade da grade curricular fixa e igual para todos os alunos. A outra metade, quem vai escolher é o estudante.

A parte igual para todos estará na base nacional comum curricular, que ainda não está pronta, mas a medida provisória determina que português, matemática e inglês serão disciplinas obrigatórias nos três anos.

Outra mudança determinada pela medida provisória é a diminuição do conteúdo obrigatório, para privilegiar cinco áreas de concentração: linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas e formação técnica e profissional.

Já entre os conteúdos que deixam de ser obrigatórios nesta fase de ensino estão artes, educação física, filosofia e sociologia

A reforma também prevê o aumento da carga horária. Ela deve ser ampliada progressivamente até atingir mil e 400 horas anuais. Atualmente, o total é de 800.

O Secretário Estadual de Educação, Eduardo Deschamps, comenta mais sobre as mudanças e destaca, como as mudanças serão introduzidas na Rede Estadual de Educação de Santa Catarina.

Fonte: Rádio Tropical FM

Nenhum comentário:

Postar um comentário