quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Programa Inova Talentos acelera projetos de inovação nas empresas

Em meio à crise econômica que o Brasil enfrenta, ideias e projetos inovadores surgem como excelentes opções para que as empresas e organizações consigam se destacar e obter bons resultados, enfrentando assim esse período turbulento. Para isso, no entanto, são necessárias pessoas capacitadas, capazes de contribuir consideravelmente para os projetos de inovação.

Com o objetivo de levar pesquisa, desenvolvimento e inovação para às empresas o Instituto Euvaldo Lodi de Santa Catarina – IEL/SC, entidade do sistema FIESC, em parceria com Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, CNPq, desenvolve o Programa Inova Talentos. A empresa Whirlpool, dona das marcas Brastemp, Consul e KitchenAid, que é reconhecida e premiada como uma das empresas mais inovadoras do Brasil, busca as melhores mentes para trabalhar nos seus projetos de inovação aberta e, hoje, utiliza o Inova Talentos. Segundo a líder de Relações Institucionais da Whirlpool, Sayonara Moreira, participar do programa Inova Talentos, significa proporcionar um ambiente de experimentação aos jovens pesquisadores. “Os bolsistas atuam de forma dedicada e questionadora, postura que contribui com nossos processos de inovação e potencializa nosso resultado”, ressalta.

O programa

O programa INOVA Talentos já realizou quatro chamadas nacionais de projetos. Foram submetidos, ao todo, 1.366 projetos e solicitados 2.055 bolsistas. Deste total, 632 projetos foram selecionados e serão executados, os quais demandaram 855 bolsistas distribuídos em todo o território nacional.

Conforme explica o Gerente Executivo do IEL/SC, Natalino Uggioni, o programa facilita e acelera a implementação de projetos inovadores nas empresas catarinenses. Atualmente, o programa é expressivo no Estado, com mais de 50 oportunidades em projetos inovadores na indústria, com impacto direto no negócio, e que impulsionarão soluções para mudar a vida da população. “O IEL/SC é responsável pela assessoria para recrutamento e seleção de pessoal qualificado. Os selecionados desenvolvem os projetos enquanto ampliam seus conhecimentos relacionados à dinâmica ou realidade empresarial e são acompanhados e avaliados por profissionais do IEL para aprimoramento das dimensões comportamentais, gerenciais e técnicas”, explica Uggioni.

Márcio Luís Dalla Lana, vice-presidente centro-oeste da FIESC, destaca que o projeto vem de encontro às necessidades atuais tanto da indústria quanto da nova geração. Dalla Lana ressalta que para participar, as empresas, institutos de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) públicos e privados, órgãos de governo e entidades do terceiro setor devem submeter seus projetos de inovação para avaliação do CNPq.

Mais informações: www.inovatalentos.com.br  / rafaelb@ielsc.org.br ou pelo fone: (48) 3332-3053.

Fonte: Nativa Comunicação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário