terça-feira, 27 de setembro de 2016

Funcionários da Celesc de Joaçaba e do Estado entram em greve

Os funcionários da Celesc em todo o Estado decidiram entrar em greve nesta segunda-feira (26) após rejeitar a proposta da empresa feita durante as negociações do acordo coletivo de trabalho 2016-2017.  Eles reivindicam reajuste pelo ICV Dieese, que hoje representa 8,7%, mais 2,61% de reposição salarial. Na sexta-feira (24) a Celesc ofereceu 4,28% de reposição mais abono salarial pago em parcela única de R$ 3.000,00.

Em assembleia nesta segunda, os funcionários decidiram não aceitar os valores propostos e estão com as atividades paradas. Segundo o diretor do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Energia Elétrica De Florianópolis, (Sinergia), Mário Valeriano Dias, a adesão é de praticamente 100% dos funcionários, especialmente nas áreas operacionais.

Na região de Joaçaba a paralisação atinge a praticamente 90%. “Estamos reivindicando apenas a inflação. Nosso movimento é por tempo indeterminado”, disse o representante do sindicato da categoria.

Em nota, a Celesc afirma que devido à paralisação, o número de empregados é menor e, por isso, o atendimento ao público nas lojas de atendimento presencial estará temporariamente prejudicado. A empresa recomenda que os clientes evitem o atendimento presencial e usem os serviços pelo site da Celesc ou pelo telefone 0800-480120.

A nota diz ainda que a empresa “está realizando todos os esforços para que a resolução do acordo aconteça brevemente e com mínimo impacto à população”. Para ocorrências com o sistema elétrico, os consumidores devem ligar para o atendimento de emergência no número 0800-480196.

Por Julnei Bruno





Fonte: Rádio Catarinense 

Nenhum comentário:

Postar um comentário