terça-feira, 16 de agosto de 2016

Justiça determina internação de jovem que confessou assassinato de estudante em Capinzal

O adolescente de 17 anos, que assassinou a jovem Carolina de Mattos no interior de Capinzal, ficará internado provisoriamente conforme estabelece o Estatuto da Criança e do Adolescente.

A decisão da Justiça da Comarca de Capinzal atende a uma representação feita pelo Ministério Público. A sentença foi proferida em audiência realizada no dia 28 de julho.

Conforme o Promotor de Justiça Elias Albino de Medeiros Sobrinho, por se tratar de menor de idade, o caso é tratado de forma diferencial.

Ao invés da pena, o adolescente foi condenado pela prática de ato infracional, equiparado ao crime de homicídio com duas qualificadoras: ter cometido o assassinato por meio de asfixia e com recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

Embora tenha confessado a autoria do crime, o menor não foi convincente quanto a motivação, que permanece uma incógnita.

O crime aconteceu na comunidade de Vidal Ramos, interior de Capinzal. Carolina de Mattos foi encontrada morta em um matagal na tarde do dia 25 de junho. Ela era estudante de fisioterapia e havia desaparecido na noite anterior, quando saiu de casa para pegar o ônibus que levaria à faculdade em Joaçaba.

Fonte: Rádio Tropical FM  

Nenhum comentário:

Postar um comentário