quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Concórdia: Reunião traça metas para o desenvolvimento da Cooperativa Agroindustrial dos Suinocultores Catarinenses (Coasc)

Com apenas dois anos de fundação, a Cooperativa Agroindustrial dos Suinocultores Catarinenses (Coasc) já figura entre as principais cooperativas do Estado.

Em época de crise, ela se destaca por auxiliar os beneficiados a minimizar as despesas na obtenção de insumos de qualidade. No último dia 26, os associados participaram de mais uma reunião onde foram abordados temas que visam o desenvolvimento da Coasc.

O presidente da Coasc, Losivanio Luiz de Lorenzi, diz que a cada 60 dias a cooperativa apresenta como estão as contas da entidade e aborda assuntos gerais.

Na opinião de Losivanio, uma das principais medidas para impulsionar as atividades da Coasc foi a proposta de reajuste dos percentuais praticados sobre o volume de compra de cada beneficiado.

Outra notícia repassada aos cooperados, conforme Losivanio, é a liminar obtida pela Coasc que tem como objetivo isentar os suinocultores do Fundo de Apoio ao Trabalhador Rural (Funrural), imposto que representa 2,3% na comercialização de suínos para os frigoríficos.

O presidente da Coasc apresentou aos beneficiados o termo de cooperação com a Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS), que autoriza o repasse de um determinado valor à entidade por matriz, leitão ou suíno de abate.

Desse total, 70% serão destinados para a manutenção da entidade estadual, 25% para o núcleo municipal e 5% para o regional. 

Fonte: Rádio Tropical FM 

Nenhum comentário:

Postar um comentário