sábado, 27 de agosto de 2016

Colaboradores da Unoesc Joaçaba e do Hospital Universitário são homenageados

Cerimônia dos 20 anos de credenciamento da Unoesc no MEC.
Na noite desta quinta-feira (25), dia em que Joaçaba comemorou 99 anos, a Unoesc realizou uma cerimônia para marcar os 20 anos de credenciamento no Ministério da Educação como universidade. Durante o evento, além da entrega das medalhas de mérito estudantil, cultural e universitário, 97 colaboradores que integram a Unoesc Joaçaba e o Hospital Universitário Santa Terezinha (HUST) foram homenageados pelo tempo de serviço prestado às instituições.

Além da presença dos dirigentes da Unoesc, o evento contou com a participação do prefeito de Joaçaba, Rafael Laske; do secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional de Joaçaba, representando o governador de SC, Ricardo Euclides Grando; do professor Antônio Diomário de Queiroz e do presidente da Associação dos Professores e Funcionários da Unoesc Joaçaba, professor Juliano Spuldaro.

O evento simboliza um marco para o desenvolvimento do ensino superior na região e demonstra a evolução de uma história de sucesso que se concretizou pelo empenho, dedicação e, principalmente, pelo sonho de muitas pessoas que desejavam criar uma universidade de qualidade no oeste de Santa Catarina.
Composição da mesa de autoridades.
Composição da mesa de autoridades.
Entrega das medalhas
Quem recebeu a medalha de mérito estudantil foi Severino Luis De Déa, inventor da máquina Eco Têxtil, que reaproveita resíduos descartados de uma confecção. Na Unoesc, ele se formou em Administração e fez especialização tanto em Auditoria, Perícia e Licenciamento da Gestão Ambiental, como em Empreendedor Inovador. Na cerimônia ele agradeceu o apoio dos professores e da família nessa jornada e descreveu o evento como um momento único de reconhecimento, que ficará eternamente em sua memória.

O mérito cultural foi dedicado a Anna Lindner von Pichler, que além de desenvolver um trabalho de voluntariado e assistência aos descendentes tiroleses no Brasil, foi cônsul da Áustria em Treze Tílias. Já o mérito universitário foi conferido aos professores Darcy Laske e Luiz Carlos Lückmann, que participaram ativamente da implantação da universidade.

— Sou eternamente grato à Unoesc. O tanto que eu cresci e aprendi com esta instituição vocês não podem imaginar, é uma universidade que valoriza seus profissionais e que os prepara para o futuro — declarou Lückmann.
Personalidades que foram homenageadas nas categorias: mérito estudantil, cultural e universitário.
Personalidades que foram homenageadas nas categorias: mérito estudantil, cultural e universitário.
Pronunciamento dos dirigentes

O diretor geral do HUST, professor Alciomar Marin parabenizou os homenageados e afirmou que esse reconhecimento dignifica e motiva ainda mais a caminhada profissional e pessoal de cada um.

— Nada mais justo do que homenagear aqueles que são o pilar fundamental dessa instituição e que a direcionam para o cumprimento de seus objetivos — completou o presidente da Funoesc e vice-reitor do campus de Xanxerê, professor Genesio Téo.

Em seguida, o reitor da Unoesc, professor Aristides Cimadon, apresentou o contexto do ensino superior no Brasil e a trajetória histórica da Unoesc. Segundo o reitor, a instituição cresceu e se desenvolveu por meio do trabalho de todos, tendo formado mais de 40 mil profissionais.

— Temos a preocupação de fazê-la crescer não em quantidade, mas em qualidade, e, ao mesmo tempo, direcioná-la para o desenvolvimento da nossa região, que precisa de melhor qualidade de vida e de profissionais de alta inteligência — destacou o reitor.

Para encerrar, Cimadon citou Aristóteles ao dizer que “o conhecimento, a ciência e o trabalho com a educação têm raízes amargas, mas frutos doces”.

— Que o nosso trabalho no futuro possa produzir muitos frutos doces e que todos tenhamos muito sucesso — finalizou.

Fonte: Dhébora Santiago/Ascom Unoesc

Nenhum comentário:

Postar um comentário