quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Cidasc de Videira participa do Dia Nacional do Campo Limpo

O dia Nacional do Campo Limpo, celebrado no dia 18 de agosto, foi trabalhado pela Regional da Cidasc de Videira. A iniciativa aconteceu no dia 16, na Central de Recebimento de Embalagens Vazias de Agrotóxicos de Tangará (ARDAVVI), onde estudantes da EEB Maura de Senna Pereira, de Pinheiro Preto, acompanhado do engenheiro agrônomo da Cidasc, Cassiano Augusto Araújo, estiveram fazendo uma visita técnica para conhecer o processo. A ação integrou o Projeto Sanitarista Junior.

A visita reuniu estudantes da 7ª série da escola estadual que tiveram a oportunidade de conhecer todo o processo de recebimento, separação e logística reversa das embalagens vazias de agrotóxicos. Na ocasião, receberam informações do uso correto dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI''s) e da Tríplice Lavagem de embalagens. O objetivo principal foi conscientizar os estudantes sobre a preservação do meio ambiente.

O Dia Nacional do Campo Limpo é a data criada para celebrar os resultados da logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas no Brasil e, reconhecer os elos da cadeia do Sistema Campo Limpo: agricultores, canais de revenda e cooperativas, indústria fabricante e Poder Público. Comemorado todo ano no dia 18 de agosto, o Dia Nacional do Campo Limpo faz parte do Calendário Nacional desde 2008 e é sinônimo de integração e conscientização.

Quer saber mais sobre o Sistema Campo Limpo?

O inpEV - Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias - dispõe de uma plataforma de educação à distância que aborda, de forma didática, os procedimentos corretos para lavagem das embalagens de agrotóxicos, a legislação que regulamenta o seu descarte e a destinação final. O curso é gratuito. Para conhecer basta acessar o site do inpEV:http://www.inpev.org.br/

Sobre o Projeto Sanitarista Junior

O Projeto Sanitarista Junior visa, através da educação, promover a mudança de atitudes e comportamento da comunidade frente aos problemas sanitários. Cultiva nas crianças, o amor pela natureza e o desejo de conhecer melhor o trabalho no meio rural. Ajuda a entenderem sua responsabilidade e da sociedade em geral na saúde animal, vegetal, ambiental e na produção de alimentos seguros, estimulando para que façam sua parte e cooperem, como cidadãos, na saúde pública e no desenvolvimento sustentável.


Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário