quinta-feira, 28 de julho de 2016

SC adere a movimento nacional e 18 cidades devem ter protestos a favor do impeachment

Milhares de brasileiros irão às ruas novamente neste domingo para se manifestar a favor do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. Organizado pelo grupo Vem Pra Rua, em Santa Catarina pelo menos 18 cidades já confirmaram presença nos atos. Ao todo, 161 cidades em 25 Estados já confirmaram presença nos protestos deste fim de semana. A última grande mobilização nesse sentido ocorreu em abril quando o processo de impeachment ainda não tinha sido votado no senado.

A organização regional do Vem Pra Rua adianta que não trabalha com uma expectativa de público, mas adianta que a grande diferença desta mobilização é que cada cidade poderá escolher como vai se manifestar, diferente do que tem ocorrido em outros atos. A coordenadora do movimento da região Sul, Adriana Dornelles ainda pontua que os atos vão ocorrer tanto de manhã quanto à tarde.

- Deixamos o pessoal livre para decidir os formatos. Tem cidades que farão caminhadas, outros já avisaram que farão manifestação com motos e tem até um pessoal se organizando para fazer um vigília com velas. A ideia não é reunir gente só por reunir, mas sim marcar presença, mostrar que não estamos inertes a situação que o país vive - detalha.

Já sobre a escolha da data, a coordenadora nacional do Vem Pra Rua, Adelaide de Oliveira, afirma que o domingo foi inicialmente escolhido por conta do cronograma do processo de impeachment, que prevê anunciar o parecer final sobre a defesa de Dilma na Comissão Especial na próxima terça-feira.

- Depois desta, não temos nenhuma outra manifestação agendada. Até tinham sugerido outro ato no dia 21 (de agosto), mas não tem nada confirmado. O calendário do impeachment é o nosso motivo principal, mas ainda há dúvida - reitera ao fazer referência sobre o pedido feito pela defesa da presidente afastada para prorrogar em dois dias o prazo de entrega das alegações finais.

Além de serem a favor do impeachment, o movimento também milita em apoio a criação de leis de combate à corrupção e contra as tentativas de interferência no andamento da operação Lava-Jato.

- Balneário Camboriú, 16h na Praça Tamandaré
- Brusque, 15h na Praça do Sesquicentenário
- Concórdia, 16h na Rua Coberta
- Florianópolis, 15h na sede da Polícia Federal
- Garopaba, 10h na Esquina do Silverinha
- Itajaí, 10h na Praça da Avenida Beira Rio
- Itapema, 10h na Praça da Paz
- Jaraguá do Sul, 15h na Praça Angelo Piazera
- Joinville, 15h na Praça da Bandeira
- Lages, 10h na Estárua de Antônio Correia Pinto
- Mafra, 15h na Praça do Alto de Mafra
- Porto União, 15h na Praça Hercílio Luz
- Rio dos Cedros e Rodeio, 16h na Praça da prefeitura em Timbó
- Tijucas, 14h na Concha Acústica
- Timbó, 15h na Avenida Getúlio Vargas 
- Tubarão, 15h na Praça do Museu

Fonte: Rádio Videira AM

Nenhum comentário:

Postar um comentário