sexta-feira, 29 de julho de 2016

Ministério Publico denuncia sete pessoas pela chacina em São Domingos ocorrida em Junho.

Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) denunciou sete pessoas acusadas de participação em uma chacina ocorrida em junho deste ano no município de São Domingos, no Oeste catarinense.

Dois seguem foragidos. Cinco pessoas foram torturadas antes de morrer, segundo as investigações. Os corpos foram encontrados carbonizados em um carro.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Paulo José Reis Venera, o inquérito foi concluído no começo de julho. Em 13 de julho, o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) fez a denúncia.

O crime aconteceu em 12 de junho em um prostíbulo, de acordo com as investigações. Sete foram indiciados por matar cinco homens no local. Antes das mortes, as vítimas foram torturas, disse o delegado. Após os homicídios, os corpos foram colocados em um carro, que foi incendiado.

Todos os sete indiciados pela polícia foram denunciados pelo MPSC pelos crimes de homicídio duplamente qualificado e tortura. Outros cinco foram denunciados por esses dois delitos e mais ocultação de cadáver. O sétimo, pelos três crimes e ainda por furto.

Fonte: Rádio Tropical FM  

Nenhum comentário:

Postar um comentário