quarta-feira, 20 de julho de 2016

Joaçabense troca de modalidade e faz primeira luta de Kickboxing

Marcelo Boldrini tem experiência em Boxe, Muay Thai, MMA, Capoeira e Jiu Jitsu.
O experiente atleta que já representou Joaçaba em outras modalidades, agora enfrenta novos desafios. Marcelo Boldrini de 27 anos, retorna aos octógonos graduado no Kickboxing. O lutador tem em seu currículo 16 combates, cinco deles amadores. Foram quatorze em MMA e outras duas lutas de boxe. Ele soma 11 vitórias e cinco derrotas.

Boldrini treina há cerca de 11 anos e tem experiência em Boxe, Muay Thai, MMA, Capoeira e Jiu Jitsu.O joaçabense, que é faixa marrom na modalidade pela Confederação da World Kickboxing Federation (WKF), se prepara para a próxima luta que ocorre no dia 13 de agosto, em Lebon Régis, no TENT #3 (Torneio Estímulo de Novos Talentos) na categoria até 70 kg contra Bauer, da equipe Dom Branco Sports de Rio do Sul.

O joaçabense é técnico da equipe que criou e que leva seu nome, Boldrini Fight Team (BFT) para participar dos eventos. No evento, três lutadores de sua equipe também irão lutar em categorias amadoras: Tiago Medeiros na categoria 77kg, Rodrigo Alves 61kg e Juninho 77 kg.

Segundo Marcelo Boldrini até a semana da luta, os treinos são intensos com pelo menos três períodos entre exercícios de condicionamento e técnicos de luta. “Com nova filosofia, técnica e ensinamentos, além do condicionamento físico estar em dia para ser superior ao adversário. Mente e corpo estarão treinados para não deixar essas lutas chegarem ao fim do 1º round”, afirma.

O atleta que representa Joaçaba tem apoio da Academia Vida e Saúde e patrocínio da Tora Suplementos. Marcelo desta que seus apoiadores têm visão e investem no esporte e, por isso agradece a confiança. “Mais importante que o espaço físico é o auxílio na suplementação por profissionais capacitados. Agradeço o apoio do Eduardo Biolchi e sua equipe”.

Sobre o Kickboxing

A metodologia desta arte marcial baseia-se em técnicas de golpes apurados como socos, chutes de canela, joelhadas, cotoveladas, chutes dos mais variados possíveis proporcionando assim, uma visão abrangente da arte de lutar.

O esporte surgiu na década de 70 nos Estados Unidos quando os karatecas tradicionais estavam cansados das competições que não permitiam um contato pleno. Criaram a arte marcial chamada de Karate FuIl Contact, que com o passar dos tempos passou a ser chamada de Kick Boxing, sendo hoje uma das artes marciais mais praticada do mundo devido à sua grande eficácia nos combates em ringue, e por proporcionar uma grande capacidade de auto defesa.

Fonte: Paula Patussi

Nenhum comentário:

Postar um comentário